Dono da Red Bull culpa Renault por fraco desempenho em Jerez

Dietrich Mateschitz isentou funcionários da equipe e disse confiar em rápida reação: "Verdade virá em Melbourne"

Atual tetracampeã de pilotos e construtores, a Red Bull teve um início de ano nada animador. A equipe foi a que menos andou e a que fez os piores tempos em Jerez, na primeira semana de pré-temporada de 2014. O dono do time, no entanto, fez questão de ressaltar que o mau desempenho em nada teve a ver com seus funcionários, mas somente com a Renault, fornecedora dos motores do time.

“Nossos problemas atuais não são relativos à equipe, mas na área do motor", disse Dietrich Mateschitz ao jornal austríaco Salzburger Nachrichten. “Meu time tem mais do que excelente know-how", enfatizou.

De acordo com o bilionário, o carro da Red Bull para 2014 foi muito bem projetado e o time poderá fazer uma boa temporada assim que a Renault resolver os problemas com o motor, o que deve acontecer em breve.

“Dá para ver nos detalhes que o carro é bom e a verdade em Melbourne, na primeira corrida. Esses problemas iniciais com o motor eram esperados”, comentou Mateschitz, que elogiou os motores das concorrentes.

“A Ferrari fez muitos esforços durante o inverno e a Mercedes parece ter feito um trabalho muito bom com o motor. Mas a Renault aparecerá mais uma vez, a única questão é quando”, afirmou.

E mesmo que a Red Bull inicie o campeonato atrás das concorrentes, o empresário não pensa em desistir do pentacampeonato tão cedo. "Um déficit no início da temporada não significa automaticamente que o título mundial está perdido. Mesmo vindo de trás, ainda há uma chance", finalizou.
 

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias