Draft da NFL faz F1 repensar período sem corridas

compartilhar
comentários
Draft da NFL faz F1 repensar período sem corridas
Jonathan Noble
Por: Jonathan Noble
Traduzido por: Daniel Betting
6 de mai de 2018 10:38

Chefes da Fórmula 1 dizem que o sucesso do Draft da NFL está os levando a pensarem em maneiras de incrementar o período de férias da categoria

Chase Carey, Chief Executive Officer and Executive Chairman of the Formula One Group
Valtteri Bottas, Mercedes AMG F1 W09, leads Daniel Ricciardo, Red Bull Racing RB14 Tag Heuer, Max Verstappen, Red Bull Racing RB14 Tag Heuer, Kimi Raikkonen, Ferrari SF71H, and Esteban Ocon, Force India VJM11 Mercedes, at the start
Carlos Sainz Jr., Renault Sport F1 Team R.S. 18, leads Lance Stroll, Williams FW41 Mercedes, Sergio Perez, Force India VJM11 Mercedes, Nico Hulkenberg, Renault Sport F1 Team R.S. 18, Fernando Alonso, McLaren MCL33 Renault, and the remainder of the field at the start
Sebastian Vettel, Ferrari SF71H, at the start of the race
Sebastian Vettel, Ferrari SF71H, leads Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 W09, Valtteri Bottas, Mercedes AMG F1 W09, Daniel Ricciardo, Red Bull Racing RB14 Tag Heuer, Max Verstappen, Red Bull Racing RB14 Tag Heuer, and the rest of the field after a restart
Chase Carey, Chief Executive Officer and Executive Chairman of the Formula One Group and Ross Brawn, Formula One Managing Director of Motorsports
Sebastian Vettel, Ferrari SF71H leads at the start of the race

Com o atual calendário da F1 acontecendo de março a novembro, o esporte sempre sofreu uma grande queda de popularidade durante os meses de inverno, quando não há nada para entreter os torcedores.

A Liberty Media, nova proprietária da F1, está ansiosa para resolver este problema e considera uma série de ideias - de competições envolvendo equipes ou pilotos a eventos maiores.

Chase Carey, presidente da Fórmula 1, diz que a inspiração para a ideia veio do Draft da NFL - evento anual extremamente popular durante o período de entressafra do futebol americano, que serve como a fonte mais comum de recrutamento de jogadores.

Falando em um evento promocional do GP da Espanha, Carey disse: "Uma das ambições que temos é descobrir como fazemos desse esporte algo que envolva os fãs 12 meses por ano. Mas isso não significa que vamos correr [por tanto tempo]: nossa temporada não vai durar 12 meses”.

"Um exemplo seria a NFL, que não está jogando agora, mas só tiveram o Draft. Esse é um grande evento. Eles criaram eventos que são interessantes para os fãs, mesmo quando eles não estão na temporada".

"Então, acho que para nós, gostaríamos de determinar - como podemos criar coisas mais interessantes para os fãs, seja competição única ou eventos únicos, ou coisas que envolvam o esporte que continuem a gerar interesse e permitam que os fãs se envolvam mais".

Carey acredita que seria errado prolongar o calendário da F1 para tornar o inverno mais curto, e também acha que o esporte não deve fazer nada que desvie a atenção de seu calendário principal.

"As 21 corridas que temos sempre terão o principal, mas achamos que podemos fazer outras coisas que permitam aos torcedores se conectar com o esporte", disse.

"Temos uma temporada bastante completa - nossa temporada vai de março ao final de novembro, então é uma temporada longa, e temos que reconhecer que há muito desgaste nessa temporada”.

"Mas eu diria que achamos que seria bom encontrar maneiras de engajar os torcedores no esporte. Pode não ser uma competição na pista, pode ser outros aspectos do esporte, mas existem algumas ideias de várias formas de competição com a qual estamos engajados e conversando com várias partes"

Reportagem adicional de Oriol Puigdemont

Próxima Fórmula 1 matéria
VÍDEO: Colisões entre companheiros de equipe na F1

Previous article

VÍDEO: Colisões entre companheiros de equipe na F1

Next article

Bottas: “Coração partido em Baku me deixará mais forte”

Bottas: “Coração partido em Baku me deixará mais forte”
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Autor Jonathan Noble
Tipo de matéria Últimas notícias