Duelo "explosivo" ou dupla com estilos complementares?

compartilhar
comentários
Duelo
Por: Julianne Cerasoli
13 de set de 2013 09:15

Schumacher, Webber, Berger e outros comentam sobre expectativa de ver Raikkonen e Alonso juntos na Ferrari

Pilotos e ex-pilotos da Fórmula 1 se mostram divididos com a expectativa de ter Fernando Alonso e Kimi Raikkonen na Ferrari a partir da próxima temporada. Pentacampeão pelo time italiano, Michael Schumacher vê a dupla como “explosiva”, enquanto Mark Webber acredita que o finlandês só vai ajudar o espanhol a melhorar em classificações. Confira as opiniões:

Michael Schumacher: “A Ferrari com Fernando e Kimi soa como uma mistura explosiva. Para os fãs será certamente uma sensação, e para a competição será duro. Será interessante de assistir”, declarou ao Bild.

Mark Webber: “Acho que Fernando verá isso como positivo. Ele precisa ser mais forçado nas tardes sábado – o que acho que dará certo. Aos domingos não há o que dizer, Fernando é brilhante, mas nos sábados Kimi pode levá-lo a outro nível”, disse à Autosport.

“A equipe terá de ser cuidadosa do lado técnico. Kimi sabemos que é um cara fenomenal, mas será interessante ver se Fernando sentirá que será igual em termos de carga de trabalho. Ambos os pilotos têm de ajudar muito e não acho que Fernando vai ficar muito feliz se tiver de fazer tudo.”

Jackie Stewart: “Acho que há elementos desestabilizadores”, opinou à BBC. “Será que Alonso irá render tanto quanto rende agora que é o filho preferido? É um elemento muito confuso ter Kimi e Alonso, que eu duvido que gosta de ter Raikkonen ali.”

Martin Brundle: “Não acho que Alonso vai ficar muito feliz em ver Kimi lá. Ele preferiria ter um complacente Massa, que não o atrapalhasse muito. Kimi certamente vai dar trabalho a Alonso. Eles funcionam de maneiras muito diferentes, então será fascinante ver como vão trabalhar juntos”, opinou à Sky Sports.

Gerhard Berger: “Acho que Kimi se encaixa perfeitamente e coloca a Ferrari em uma posição muito forte no mundial de construtores. Essa sempre foi a filosofia da Ferrari: pegar dois caras fortes e colocá-los juntos. Eles têm dois carros e conseguem prepará-los igualmente, então não há motivo para correr só com um. Kimi  não é um cara político, então acho que ele e Alonso vão se encaixar bem juntos”, disse à BBC.

Próxima Fórmula 1 matéria
Para Emerson, "Rush" já é um clássico, assim como "Grand Prix"

Previous article

Para Emerson, "Rush" já é um clássico, assim como "Grand Prix"

Next article

Räikkönen afirma que opção pela Ferrari não afeta sua motivação na Lotus

Räikkönen afirma que opção pela Ferrari não afeta sua motivação na Lotus
Load comments