Dupla da McLaren está ansiosa para se medir contra os rivais

Com o intervalo de três semanas entre Malásia e China, Hamilton e Button acham que relação de forças pode ter mudado

Hamilton e Button fecharam a primeira fila nas provas iniciais

Eles podem ter fechado a primeira fila nas duas primeiras provas do ano, mas a McLaren se nega a cantar vitória antes do tempo. Tanto Lewis Hamilton, quanto Jenson Button reconhecem que os rivais estão próximos e que muita coisa pode ter mudado desde o GP da Malásia, há duas semanas.

“Ainda não acho que as equipes definiram em que ordem estão em termos de desempenho, então é importante conseguir alguns bons resultados enquanto podemos. Será interessante ver se algo mudou nestas últimas três semanas. Será um fim de semana interessante”, prevê Hamilton, segundo colocado no campeonato.

Vencedor na China em duas ocasiões, em 2008 e 2011, Hamilton obviamente gostaria de repetir a dose. Mas, após ser terceiro nas corridas iniciais, sendo o único piloto que subiu ao pódio em ambas as ocasiões, o inglês reconhece que também pensa nos pontos. “As primeiras corridas mostraram que, como equipe, estamos em posição de ganhar. Mas acho que a Malásia foi um bom exemplo de como obter pontos pensando no campeonato.”

Mesmo após a péssima corrida na Malásia, Jenson Button não deixou sua tradição de relaxar entre as corridas em lugares paradisíacos e praticando seu hobby, o triathlon. Depois de ser o sexto colocado geral na prova realizada no Havaí, no final de semana, o inglês agora volta as atenções ao GP da China, curioso para comprovar como estará a relação de forças entre as equipes após três semanas de pausa.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da China
Pilotos Jenson Button , Lewis Hamilton
Tipo de artigo Últimas notícias