Dupla da Mercedes não se separa nos treinos - e nos problemas

Nico Rosberg e Michael enfrentaram dificuldades em um dia tecnicamente ruim para a equipe. Schumacher foi o 10º e Rosberg 11º

Os primeiros treinos livres desta sexta-feira em Suzuka, Japão, madrugada de quinta para sexta aqui no Brasil, foram bem parecidos para os pilotos da Mercedes, Nico Rosberg e Michael Schumacher. Ambos alemães do time tiveram problemas e ficaram grudados nas duas sessões. No treino livre 1, Nico foi 4º e Schumi o 5º; na sessão da tarde, o heptacampeão foi 10º e o filho do ex-piloto Keke Rosberg o 11º.

Ambos os pilotos relataram uma sexta-feira cheia, inclusive com Schumacher errando e batendo na barreira de pneus com certa força. "Tivemos duas sessões com muitos afazeres e muito trabalho. Tive que ir ao centro médico por precaução, mas estou 100%. Estava tão concentrado na curva à frente que coloquei a roda na grama e rodei. No geral, não conseguimos colher tanta informação quanto queríamos, e ainda temos que fazer muitos ajustes nos freios para melhorar o acerto. Temos que trabalhar duro na frente dos computadores para ter uma abordagem melhor amanhã", disse Michael Schumacher.

Para Rosberg, a sorte não foi muito maior. O vencedor do GP da China deste ano teve problemas de pressão de óleo durante o dia. "Tivemos um dia complicado. No fim da primeira sessão, o sensor da pressão de óleo estava baixo e tive que desligar o motor. Ele já estava em fase final da vida útil, por isso trocamos para evitar riscos maiores. No geral, ainda não estamos no nível que queremos e temos que aprender alguns pontos nesta noite", finalizou.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP do Japão
Pilotos Michael Schumacher , Nico Rosberg
Tipo de artigo Últimas notícias