Dupla da Red Bull torce por classificação com chuva

compartilhar
comentários
Dupla da Red Bull torce por classificação com chuva
Jonathan Noble
Por: Jonathan Noble
23 de mar de 2018 08:56

A dupla da Red Bull, Max Verstappen e Daniel Ricciardo, acreditam que a provável chuva na classificação do GP da Austrália poderá impulsionar suas chances de lutar de igual para igual com a Mercedes.

Daniel Ricciardo, Red Bull Racing RB14 Tag Heuer
Daniel Ricciardo, Red Bull Racing RB14 Tag Heuer, in the pits
Daniel Ricciardo, Red Bull Racing RB14 Tag Heuer
Max Verstappen, Red Bull Racing RB14 Tag Heuer
Daniel Ricciardo, Red Bull Racing RB14
Daniel Ricciardo, Red Bull Racing RB14
Daniel Ricciardo, Red Bull Racing RB14

Verstappen foi o concorrente mais próximo da Mercedes na sexta-feira em Melbourne, apenas 0s127 atrás do líder, Lewis Hamilton, na segunda sessão.

Mas, apesar de ambos os pilotos estarem mais otimistas quanto ao rendimento em corrida do que na disputa por posições do grid, eles acreditam que a chuva pode aumentar suas chances de surpreender.

Ricciardo, que se classificou na primeira fila de uma molhada classificação na Austrália em 2014, disse: “Sempre gostamos de chuva – isso simplesmente iguala as coisas.”

“Hoje, no seco, não parecemos tão ruins assim, o que é bom. Mas a chuva nos dará um pouco mais de chance.”

“A última classificação no molhado que tivemos aqui foi em 2014, acho. Não foi tão ruim, então espero que tentemos fazer isso de novo.”

Verstappen disse: “Não fica tudo tão dependente de motor no molhado. Fica um pouco mais difícil usar a potência. Nosso carro normalmente funciona bem no molhado e eu também gosto, então espero que amanhã esteja molhado.”

Ambos os pilotos ficaram encorajados pelo ritmo em simulação de corrida, já que o RB14 mostrou que o potencial visto na pré-temporada ainda estava lá.

Verstappen disse: “Depois dos testes em Barcelona, sempre há um pouco de dúvidas sobre onde você está. Não fica muito claro. Eu estou feliz com o comportamento do carro hoje.”

“Ainda há certa margem para melhora, mas estou feliz com o andamento do dia. Não tivemos muitos problemas, o que é bom.”

Ricciardo acrescentou que seu sétimo lugar na tabela do segundo treino livre não foi representativo, já que uma bandeira vermelha impediu que ele completasse sua volta com tanque mais vazio.

“Meu tempo era 0s4 melhor do que antes. Se eu tivesse mantido isso, andaria na casa de 1min24s baixo, então talvez [ficasse em] terceiro ou quarto. O equilíbrio não foi perfeito, então não fiquei tão incomodado.”

Ricciardo destacou que o problema com o equilíbrio apareceu quando ele passou a usar os ultramacios, o que provocou um retorno à garagem para algumas mudanças de suspensão.

“Apesar de eu ter feito somente meia volta com o ultramacio, sabia que onde o equilíbrio estava indo e que isso levaria mais do que um ajuste na asa dianteira. Tentamos algo grande para a simulação de corrida, mas o tempo estava acabando.”

Ricciardo foi convocado para dar explicações aos comissários por ter supostamente guiado rápido demais em seu retorno aos boxes durante o período de bandeira vermelha.

Reportagem adicional de Erwin Jaeggi e Andrew van Leeuwen

Próxima Fórmula 1 matéria