Dupla da Toro Rosso explica como escolheu seus números

Tanto Jean-Eric Vergne, quanto o estreante russo Daniil Kvyat optaram pelas datas de seus aniversários

Foram vários os critérios usados pelos pilotos para escolher os números com os quais irão correr para o resto das carreiras, uma vez que, a partir deste ano, a FIA instituiu que a numeração dos carros será fixa.

No caso da dupla da Toro Rosso – dois dos últimos a optarem por suas numerações, já que a posição no campeonato anterior determinava a ordem de escolha – a decisão acabou sendo simples: tanto Jean-Eric Vergne, o número 25, quanto o estreante Daniil Kvyat, o 26, optaram por suas datas de aniversário. O francês e o russo ficam mais velhos com apenas um dia de diferença, no mês de abril.

Porém, o atual campeão da GP3 tem outro motive para optar pelo 26. “Também competi em minha primeira prova de kart na Rússia com esse número. Porém, não há muita história por trás disso, estou animado para tornar esse número especial para mim na Fórmula 1.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Daniil Kvyat
Tipo de artigo Últimas notícias