Ecclestone não acredita na realização de GP alemão em 2017

Chefe da F1 acredita que país que revelou Schumacher e Vettel fique ausente do calendário por causa da falta de acordo com Nurburgring

Bernie Ecclestone está seguro de que a Alemanha voltará a se ausentar de um campeonato da Fórmula 1, de acordo com entrevista à Motorsport-Magazin.com.

"Temos certeza de que não haverá corrida no circuito de Nurburgring", disse. "Não me parece que a Alemanha seja um grande mercado."

O novo acordo dos GPs em território alemão prevê anos pares em Hockenheim e anos ímpares em Nurburgring. Apesar de que se imagina que em 2017 não seja possível a realização da prova em Hockenheim, os proprietários descartam ter o evento naquela pista anualmente.

A falta de um acordo entre promotores e F1, fizeram que em 2015 o GP da Alemanha se ausentasse pela primeira vez desde 1960.

Ecclestone parece não ter pressa e também rejeita a ideia de um GP partilhado entre França e Alemanha. Do outro lado do Rio Reno não são realizadas etapas da maior categoria do automobilismo mundial desde 2008. Para ele, há problemas em uma corrida franco-alemã: "custaria muito mais para promovê-la. As pessoas esqueceriam de onde seria a competição daquele ano."

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias
Tags bernie ecclestone