Ecclestone não acredita na realização de GP alemão em 2017

compartilhar
comentários
Ecclestone não acredita na realização de GP alemão em 2017
15 de dez de 2015 22:39

Chefe da F1 acredita que país que revelou Schumacher e Vettel fique ausente do calendário por causa da falta de acordo com Nurburgring

Bernie Ecclestone, on the grid
Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1, Bernie Ecclestone, Toto Wolff, Mercedes AMG F1 Shareholder and Executive Director and Jean Todt, FIA President
Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1, Bernie Ecclestone, Toto Wolff, Mercedes AMG F1 Shareholder and Executive Director and Jean Todt, FIA President

Bernie Ecclestone está seguro de que a Alemanha voltará a se ausentar de um campeonato da Fórmula 1, de acordo com entrevista à Motorsport-Magazin.com.

"Temos certeza de que não haverá corrida no circuito de Nurburgring", disse. "Não me parece que a Alemanha seja um grande mercado."

O novo acordo dos GPs em território alemão prevê anos pares em Hockenheim e anos ímpares em Nurburgring. Apesar de que se imagina que em 2017 não seja possível a realização da prova em Hockenheim, os proprietários descartam ter o evento naquela pista anualmente.

A falta de um acordo entre promotores e F1, fizeram que em 2015 o GP da Alemanha se ausentasse pela primeira vez desde 1960.

Ecclestone parece não ter pressa e também rejeita a ideia de um GP partilhado entre França e Alemanha. Do outro lado do Rio Reno não são realizadas etapas da maior categoria do automobilismo mundial desde 2008. Para ele, há problemas em uma corrida franco-alemã: "custaria muito mais para promovê-la. As pessoas esqueceriam de onde seria a competição daquele ano."

Próxima Fórmula 1 matéria
Fabricantes consideram três motores por temporada

Previous article

Fabricantes consideram três motores por temporada

Next article

Hamilton rebate críticas de Bernie sobre competitividade na F1

Hamilton rebate críticas de Bernie sobre competitividade na F1
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Tipo de matéria Últimas notícias