Ecclestone nega que Michelin esteja voltando à Fórmula 1

Dirigente diz que não é a FIA que decide sobre fornecedora de pneus e garante que tem contrato com a Pirelli

O promotor da Fórmula 1, Bernie Ecclestone, tratou de desmentir os rumores de que a Michelin poderia voltar a fornecer pneus para a categoria já na próxima temporada. Segundo o britânico, a decisão não cabe à FIA e a FOM, que cuida dos direitos comerciais e é capitaneada por ele, “tem um contrato com a Pirelli”.

“A FIA não tem nada a ver com o lado comercial”, explicou Ecclestone ao Speed. “A posição da FIA é cuidar dos regulamentos. Eles controlam todas as regras que foram acordadas.”

Ecclestone negou ainda que as equipes tivessem pedido para que a Michelin fosse contratada. “Nenhuma das equipes que falaram comigo disseram isso. Todos estão muito felizes com a Pirelli, e estão satisfeitas com a maneira com a qual eles lidaram com os problemas que tiveram”, garantiu.

Recentemente, o diretor de automobilismo da Pirelli, Paul Hembery, chamou de “bizarra” a atual situação da empresa em relação ao ano que vem. Temos acordos fechados com a maior parte das pessoas envolvidas; não há um processo claramente definido, mas estamos seguindo adiante, assinando com os times, já fechamos com o promotor e estamos trabalhando em 2014”.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias