Ecclestone: “precisamos da Globo mais entusiasmada com a F1”

Chefe dos direitos de imagem da Fórmula 1 quer que emissora dê mais atenção à categoria em sua programação

Exibindo as duas últimas corridas em compacto por coincidir com a rodada do Campeonato Brasileiro de futebol, às 17h, a TV Globo não vem agradando muito o chefão da Fórmula 1, Bernie Ecclestone.

Durante evento no Autódromo de Interlagos nesta última quarta-feira para mostrar as novas instalações da pista à imprensa, o britânico admitiu que tem de fazer a emissora carioca voltar a ver a F1 como um grande atrativo para sua programação.

Além das últimas corridas, exibidas apenas em compacto após o programa “Tomara que Caia” no domingo à noite, a Globo não vem passando mais os treinos classificatórios na íntegra, os substituindo pelo programa “É de Casa”.

“Acho que agora (com a nova estrutura de boxes) as pessoas daqui vão se interessar mais pela corrida”, falou Ecclestone. “Só precisamos fazer a Globo ficar um pouco mais entusiasmada.”

“Precisa ser assim. O México está no caminho dos brasileiros (em paixão pela F1).”

“A Globo precisa estar nos ajudando um pouco mais. Além disso, acho que podemos fazer um show melhor.”

“Precisamos de ao menos dois caras competindo. Quando quem dominava o esporte era a McLaren, tínhamos dois caras lutando.”

Para Bernie, a falta de equilíbrio mostrada neste ano está com os dias contados. “Em 2017 eu tenho certeza disso. 2016 será um ano diferente também.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias