Ecclestone propõe às equipes da Fórmula 1 um novo calendário para 2012

compartilhar
comentários
Ecclestone propõe às equipes da Fórmula 1 um novo calendário para 2012
Por: Luis Fernando Ramos
29 de jul de 2011 08:54

Documento coloca Bahrein e Austin na parte final do campeonato; Austrália abriria e Brasil encerraria o Mundial. A FIA ainda precisa sancionar a proposta

Com prova do Bahrein em novembro, Ecclestone busca chance do país se estabilizar

Bernie Ecclestone propôs às equipes da Fórmula 1 uma reformulação do calendário para a temporada de 2012 anunciado pela FIA no mês de junho. A nova estrutura de datas foi repassada às equipes em Hungaroring, que já começam a estudar questões de logística. O calendário ainda precisa ser ratificado pela FIA.

Entre as principais mudanças, estão a saída do GP da Turquia da categoria e a relocação de algumas provas. O GP do Bahrein, que abriria a temporada, foi jogado para o início de novembro, ocorrendo uma semana depois do GP de Abu Dhabi. Assim, a categoria ganha tempo para aguardar que a situação no país se estabilize.

O Grande Prêmio dos Estados Unidos, em Austin, também foi movido para o final do ano, ocorrendo uma semana antes do GP do Brasil, em Interlagos, que permanece como etapa final do campeonato em 25 de novembro. Assim, o Mundial de 2012 teria seis "dobradinhas", provas que acontecem em finais de semana consecutivos.

Pela proposta de Ecclestone, apresentada no site da "Autosport", o GP da Austrália em Melbourne passa a ser a prova de abertura do Mundial, que começaria, como na proposta original, no dia 18 de março.

Confira abaixo a proposta:
Austrália (18/3)
Malásia (25/3)
China (08/4)
India (22/4)
Espanha (13/5)
Mônaco (27/5)
Canadá (10/6)
Europa (24/6)
Grã-Bretanha (08/7)
Alemanha (22/7)
Hungria (29/7)
Bélgica (02/9)
Itália (09/9)
Cingapura (23/9)
Japão (07/10)
Coreia do Sul (14/10)
Abu Dhabi (28/10)
Bahrein (04/11)
Estados Unidos (18/11)
Brasil (25/11)

Next article
"Não adianta querer ser herói e passear na grama", diz Bruno

Previous article

"Não adianta querer ser herói e passear na grama", diz Bruno

Next article

Após "batalha", Tamas Rohonyi comemora sucesso de GP da Hungria

Após "batalha", Tamas Rohonyi comemora sucesso de GP da Hungria
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Autor Luis Fernando Ramos
Tipo de matéria Últimas notícias