Ecclestone rebate acusações: "não lidero um cartel"

compartilhar
comentários
Ecclestone rebate acusações:
Jonathan Noble
Por: Jonathan Noble
9 de out de 2015 10:33

Fórmula 1 pode ter de mudar a forma como é definido o regulamento e a distribuição de prêmios, caso seja punida pela União Europeia

Bernie Ecclestone
Bernie Ecclestone
Matteo Renzi, Primeiro Ministro da Itália com Bernie Ecclestone
Sergio Marchionne, Ferrari President and CEO of Fiat Chrysler Automobiles com Bernie Ecclestone
Bernie Ecclestone com Maurizio Arrivabene, Ferrari
Maurizio Arrivabene, Ferrari com Bernie Ecclestone
Maurizio Arrivabene, Ferrari com Bernie Ecclestone

Sauber e Force India pediram à União Europeia para investigar se a Fórmula 1 está quebrando as leis de competições do bloco. A reclamação é relativa a discussão de regulamentos e a distribuição desproporcional dos prêmios e dinheiro entre os participantes. 

No entanto, Bernie Ecclestone afirmou que não está cometendo nenhuma ilegalidade, apesar da possibilidade dos contratos da F1 terem de ser revisados caso se confirme a ilegalidade dos atuais, de acordo com a UE. 

"Não estou preocupado. Não lidero um cartel", disse Ecclestone, ao ser questionado em Sochi, durante os primeiros dias de treinos para o GP da Rússia.

"Temos de ver o que a Comissão Europeia pensa. As equipes já têm contratos, não têm? Não imagino que ninguém os obriguem a quebrar os contratos."

Chefe de equipe da Sauber, Monisha Kaltenborn afirmou que a frustração das equipes médias é com Ecclestone, e não com as grandes escuderias.

"A nossa reclamação é com os donos dos direitos comerciais. Não é contra nenhuma equipe. O nosso pedido é que se analise os privilégios dado a algumas equipes e isso afeta o esporte."

"O que estamos pedindo é que a Comissão analise o abuso do domínio que surge pela maneira que os privilégios são dados a certas equipes - seja em termos de regras ou de distribuição dos lucros."

"Para nós o mais importante é que acreditamos que por meio desse regulamento e por esses privilégios, o esporte tem sido afetado e é isso que queremos mudar."

Próxima Fórmula 1 matéria
Hulkenberg lidera treino encurtado por pista suja de diesel

Previous article

Hulkenberg lidera treino encurtado por pista suja de diesel

Next article

Vettel admite que saída da Red Bull seria um "enorme choque"

Vettel admite que saída da Red Bull seria um "enorme choque"
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Autor Jonathan Noble
Tipo de matéria Últimas notícias