Ecclestone torce por Kubica na F1: Massa já fez o suficiente

compartilhar
comentários
Ecclestone torce por Kubica na F1: Massa já fez o suficiente
Jonathan Noble
Por: Jonathan Noble
Traduzido por: Gabriel Lima
12 de out de 2017 13:50

Britânico de 86 anos acredita que piloto polonês mereça nova chance na Fórmula 1 pela equipe Williams

Bernie Ecclestone, Chairman Emeritus of Formula 1, his wife
Robert Kubica, Renault Sport F1 Team RS17
Felipe Massa, Williams FW40, Kevin Magnussen, Haas F1 Team VF-17
Robert Kubica, Renault Sport F1 Team RS17
Robert Kubica, Renault Sport F1 Team RS17
Robert Kubica, Renault Sport F1 Team RS17
Felipe Massa, Williams FW40
Robert Kubica, Renault Sport F1 Team
Robert Kubica

Depois de um teste "bem-sucedido" pela Williams em Silverstone na última quarta-feira, Robert Kubica foi elogiado por Bernie Ecclestone. O ex-chefão da Fórmula 1 diz que acredita que o polonês mereça um lugar no grid de 2018 por seu talento e força de vontade na recuperação de seu grave acidente de rali em 2011.

"Se Robert não tivesse tido seu acidente, então acho que agora ele já teria sido campeão mundial", disse Ecclestone ao Motorsport.com.

"Eu acho que ele pode voltar ainda mais forte do que antes. Mentalmente, acho que provavelmente ele será mais agressivo do que ele era. Então, só posso ver coisas boas nele.”

"Em termos de suas condições físicas, anos atrás - quando eu tinha uma equipe - tivemos um cara chamado Archie Scott-Brown.”

"Archie foi rápido e estava em uma posição pior do que Robert, muito pior, e ele conseguiu ser muito bem-sucedido e rápido. Então, não acho que sua lesão o reterá."

A enorme publicidade que Kubica gerou desde que se tornou candidato a um assento de F1 – com seu teste para a Renault sendo um dos maiores eventos da temporada midiaticamente – deixou Ecclestone convencido de que podem haver grandes ganhos de marketing e patrocínio em sua contratação.

"Se ele fizer o que eu acho que ele vai fazer - ser ainda melhor do que antes - então as pessoas vão querer ficar atrás dele", disse Ecclestone. "Ele será bom para a Fórmula 1.”

"Se eu fosse a Williams, definitivamente tentaria persuadi-lo a participar. Talvez eles percam Felipe Massa no final do ano – acho que ele provavelmente já esteve o suficiente. Se Robert estiver por lá, ele pode acordar muitas pessoas.”

"A equipe não está atuando tão bem como deveria estar. Se é só por causa dos pilotos ou da equipe em geral, eu não sei. Ninguém sabe. Então, seria bom ter um cara rápido no carro para descobrir."

Ecclestone diz que o fato de o campeão mundial Nico Rosberg optar por ajudar na gestão de Kubica também é um grande apoio à crença de muitas pessoas nele.

"Nico acredita nele assim como eu. Estamos indo na mesma rota. Ele só precisa, assim como todos nós na vida, de um pouco de sorte para garantir o acordo."

Kubica testará novamente com a Williams em Hungaroring no dia 18 de outubro.

Próxima Fórmula 1 matéria
Sainz crê em duelo difícil com Hulkenberg na Renault

Previous article

Sainz crê em duelo difícil com Hulkenberg na Renault

Next article

Vettel: Mídia distorce críticas feitas por Marchionne

Vettel: Mídia distorce críticas feitas por Marchionne

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Pilotos Robert Kubica
Equipes Williams
Autor Jonathan Noble
Tipo de matéria Últimas notícias