Ecclestone vê Hamilton fora da McLaren e Schumacher vencendo - na Red Bull

Dirigente acredita que inglês está "um pouco mais focado" que em 2011, mas volta a criticar seus empresários

Bernie Ecclestone

Enquanto um pode estar fazendo seu último ano na McLaren, outro poderia estar vivendo dias gloriosos na Red Bull. É o que Bernie Ecclestone pensa de Lewis Hamilton e Michael Schumacher. O presidente da empresa que rege os direitos comerciais da F-1 colocou em dúvida a permanência do campeão de 2008 no time de Woking, com o qual tem contrato até o final deste ano.

Ainda que Hamilton tenha indicado a intenção de fechar um novo acordo até meados do ano, Ecclestone acredita que tudo depende de seu rendimento na pista, que sofreu com os altos e baixos da última temporada.

“Acho que, se ele não for bem, talvez pense em mudar e a equipe também pode querer que ele mude”, afirmou à Reuters.

Ano passado, Ecclestone chamou de “desastre” a decisão do piloto de ser empresariado pela empresa XIX Entertainment, que tem entre seus clientes diversas celebridades.

“Falei com ele dia desses e ele parece um pouco mais focado. Não concordo com as pessoas que ele tem ao redor dele e que dizem que empresariam sua carreira – acho que ele não precisa desse tipo de empresário.”

Falando sobre Schumacher, Ecclestone afirmou que “gostaria de vê-lo em um bom carro. Gostaria de vê-lo na segunda Red Bull. Não acho que Sebastian se importaria. Se isso acontecesse seria culpa dele se não ganhasse.”

Desde que voltou à categoria, no início da temporada 2010, o heptacampeão Schumacher ainda não conquistou um pódio sequer com a Mercedes.

Perguntado ainda sobre o atual rendimento da Ferrari nos testes de pré-temporada, Ecclestone demonstrou que não teme por um fiasco da Scuderia em 2012.
“Eles sabem qual é o problema e não é algo difícil de consertar. Então acho que eles ele vão resolver rapidamente.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Michael Schumacher , Lewis Hamilton
Tipo de artigo Últimas notícias