Ecclestone volta ao controle dos direitos comerciais da F-1

Britânico estava oficialmente afastado para cuidar de caso de propina a banqueiro na Alemanha

A empresa que controla os direitos comerciais da Fórmula 1, a CVC, anunciou o retorno oficial de Bernie Ecclestone ao cargo de CEO do Formula One Group, do qual havia sido destituído para responder a um processo na Alemanha por pagar propina a um banqueiro a fim de ter vantagens na compra de ações da categoria.

[publicidade] O ex-presidente da Ferrari, Luca di Montezemolo, também fará parte do conselho administrativo da CVC. O italiano foi diretor não-executivo do Formula One Group entre 2012 e 2014, cargo que volta a exercer a partir de 1º de janeiro de 2015.

Paul Walsh, ex-CEO da Diageo, gigante do setor de bebidas, e atualmente diretor da FedEx e da Unilever, também será diretor não-executivo. O presidente do conselho segue sendo Peter Brabeck-Letmathe.
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias