"Ele gosta de rodar”, critica Hulk após batida com Grosjean

Piloto alemão da Renault fica sem ter para onde ir, acerta carro da Haas do francês e abandona na Espanha na primeira volta

O GP da Espanha ficou marcado por um grande enrosco na primeira volta da prova. O francês Romain Grosjean acabou errando atrás do companheiro de equipe na Haas, Kevin Magnussen, e rodou. Tentando controlar seu carro, ele acelerou e atravessou na frente do pelotão que vinha atrás.

Nico Hulkenberg e Pierre Gasly não conseguiram desviar do francês e o acertaram. Os três acabaram abandonando, e trazendo o Safety Car à pista.

“Obviamente, vimos que Romain rodou e ele voltou para a pista”, iniciou Hulk à BBC.

“Eu não pude ir a lugar nenhum, não pude evitá-lo, infelizmente. Ele bateu na parte de trás do meu carro e foi o fim da minha tarde.”

"Ele não parece ótimo neste cenário específico. Mas geralmente ele gosta de rodar muito durante o fim de semana, mas a primeira volta não é um bom momento para fazer isso, com todos os carros ao redor.”

“Eu acho que ele tem que olhar para isso e tirar alguma lição de casa para si mesmo.”

Este foi o segundo abandono seguido de Hulkenberg, após outra batida em Baku.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Espanha
Pista Circuit de Barcelona-Catalunya
Pilotos Nico Hulkenberg
Tipo de artigo Últimas notícias