Em 16º, Nasr lamenta baixa temperatura dos pneus em seu carro

Piloto se classifica atrás do companheiro de equipe pela quarta vez no ano em Silverstone após eliminação no Q1.

O brasileiro Felipe Nasr não conseguiu uma boa classificação neste sábado em Silverstone. O piloto  da Sauber não pôde fazer melhor que um 16º lugar, sendo cortado logo na primeira fase do treino oficial. Mesmo fazendo uma segunda volta boa, o piloto foi superado por apenas 0.011s pelo venezuelano Pastor Maldonado, que prosseguiu na classificação.

Pior para ele, no entanto, foi que seu companheiro de equipe, o sueco Marcus Ericsson, foi para o Q2 e vai sair em 15º lugar. O placar de grids de largada dentro da equipe suíça Sauber, com isso, ficou em 5 a 4, ainda à favor do brasileiro.

"Foi uma pena”, iniciou Felipe à mídia brasileira em Silverstone.

“Logo no meu primeiro jogo de pneus saímos com a temperatura completamente errada. Na segunda tentativa o tempo de volta foi muito melhor que na saída anterior, mas ainda não era o ideal.”

“Não sentia a temperatura no pneu, não sentia a aderência. É estranho, porque toda vez que colocava pneu novo sentia isso.”

“Foi um erro sair com o pneu na temperatura que não era a ideal. Eu acho que foi isso que comprometeu a nossa classificação", disse.

Segundo o time, os cobertores elétricos tiraram a temperatura ideal do primeiro jogo de Felipe. 

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Grã-Bretanha
Sub-evento Sábado classificação
Pista Silverstone
Pilotos Felipe Nasr
Equipes Sauber
Tipo de artigo Últimas notícias