Em 16º, Helio sai no lucro e continua na briga pelo título

Após dia difícil, brasileiro caiu para terceiro lugar no campeonato, mas diferença de pontos para o líder diminuiu.

Helio em Mid-Ohio

 

O fim de semana não foi dos melhores para o brasileiro Helio Castroneves. O piloto da Penske sofreu um acidente no sábado, durante treino livre, o que acabou lesionando sua mão esquerda. Depois, perdeu 10 posições no grid e largou em 23º. Com dificuldades para fazer a recuperação, terminou a prova apenas em 16º, caiu para terceiro no campeonato, mas conseguiu diminuir a diferença para o líder, que antes era Ryan Hunter-Reay e agora é Will Power.

“Realmente, não foi um dia como planejamos. Eu sabia que seria complicado largar lá atrás, mas foi o preço a pagar para poder trocar o meu motor por uma versão mais atualizada”, afirmou Helinho. “Mas corrida é assim mesmo e vamos com tudo para a prova de Sonoma porque o campeonato continua super aberto e eu estou nessa batalha pelo título”, completou.

Largando em 23º, o piloto da Penske optou por uma estratégia de três paradas e conseguiu ganhar algumas posições, gastando todo o seu push-to-pass. Porém, sofrendo com o tráfego intenso e a ausência de bandeira amarela (nenhuma durante todo o GP), Helio não conseguiu passar do 16º. “ A corrida foi muita intensa, com muito tráfego e, para completar, precisei tirar o pé um pouquinho, no final, para não ficar sem combustível”, explicou.

Com o resultado, o brasileiro foi a 353 pontos e está 26 pontos atrás de Will Power. Entre eles, está Ryan Hunter-Reay, com 374. Ainda restam 159 pontos em disputa e a próxima prova acontecerá em Sonoma, dia 26.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias