"Em 2007, 2008 era muito mais divertido", reclama Hamilton

Inglês diz que engenheiros controlam as provas hoje em dia temendo desgaste dos pneus: "Não é corrida de verdade"

Lewis Hamilton não esconde sua decepção com os caminhos que a Fórmula 1 vem adotando especialmente desde o fim do reabastecimento, em 2010. Nos anos seguintes, a chegada dos pneus Pirelli, de alto desgaste, aumentou ainda mais a necessidade de poupar equipamento para se dar bem nas corridas.

“Basicamente, temos cada curva mapeada e o engenheiro fica falando como você tem de trabalhar nelas para manter o pneu funcionando bem. Eles te dizem onde você consegue economizar os pneus, então tem de diminuir o ritmo em determinadas curvas”, explica o piloto.

“Usamos a técnica de levantar o pé antes, para ativar o freio apenas mais perto da curva. Por exemplo, você começa a tirar o pé a uns 150, 200 metros da curva e só freia a 80 ou 100m.”

Não por acaso, depois de ser vice em seu ano de estreia, em 2007, e campeão no ano seguinte, Hamilton reconhece que não tem se divertido tanto nas corridas. “Isso não é corrida de verdade. Em 2007, 2008 era muito mais divertido, você podia forçar o tempo todo.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Lewis Hamilton
Tipo de artigo Últimas notícias