Em 5º, Alonso exalta bom GP: "aproveitamos oportunidades"

compartilhar
comentários
Em 5º, Alonso exalta bom GP:
25 de mar de 2018 07:43

Piloto espanhol conquista resultado positivo em primeira prova com motor Renault na McLaren

Fernando Alonso, McLaren MCL33 Renault, Stoffel Vandoorne, McLaren MCL33 Renault
Fernando Alonso, McLaren, at the drivers parade
Fernando Alonso, McLaren MCL33 Renault, Stoffel Vandoorne, McLaren MCL33 Renault, and Sergio Perez,
Fernando Alonso, McLaren MCL33 Renault, leads Stoffel Vandoorne, McLaren MCL33 Renault, Sergio Perez
Fernando Alonso, McLaren MCL33 Renault, leads Stoffel Vandoorne, McLaren MCL33 Renault
Fernando Alonso, McLaren MCL33 Renault, leads Stoffel Vandoorne, McLaren MCL33 Renault, Sergio Perez

Depois de sofrer três anos com o motor Honda na McLaren, Fernando Alonso voltou a respirar aliviado neste domingo (25) na Austrália. Com um novo propulsor, o Renault, Fernando largou de 10º e chegou em quinto.

Ele se aproveitou de um Safety Car para escalar a classificação, mas segurou com maestria o ímpeto de Max Verstappen na segunda metade da corrida para garantir seu primeiro top-5 desde o GP dos EUA de 2016.

“Foi uma boa corrida”, iniciou Fernando.

“Como eu disse ontem, temos um bom potencial. Hoje aproveitamos todas as oportunidades e não tivemos nenhum problema. Foi difícil no início, mas evitamos contatos, e, em seguida, tivemos um bom ritmo. Tivemos que manter o Verstappen atrás. Ele é sempre um rival muito difícil e agressivo, mas tudo esteve sob controle.”

“Como eu disse ontem, agora podemos defender e podemos atacar. É um tipo diferente de corrida. Então, estou satisfeito. É um bom começo e temos muito potencial no carro. Ainda há muito a descobrir e esperamos que nas próximas corridas possamos mirar mais alto”

Alonso disse que seu ritmo de corrida foi tão bom quanto o esperado, mas afirmou que a McLaren pode melhorar ainda mais o novo carro.

“Eu acho que o ritmo da corrida é mais ou menos o que esperávamos. Acho que somos mais rápidos na corrida do que na qualificação. Mas agora precisamos extrair mais desempenho do carro, porque ainda não esprememos tudo. Estamos em um ponto muito baixo agora, com muitas coisas a melhorar e muitas atualizações para trazer. Eu acho que se tudo funcionar como o esperado, temos que estar perto da Red Bull o mais rápido possível.”

“Tivemos uma corrida movimentada, com muitas lutas. Ultrapassamos tanto a Haas, por causa de problemas mecânicos, quanto Carlos (Sainz), que teve um problema na curva 9. Tivemos também a nossa cota de sorte, mas nós estávamos lá para aproveitar. Precisamos melhorar, mas vai ser um ano muito diferente dos três anteriores e agora podemos nos divertir na pista.”

Veja os destaques do GP da Austrália

 

Próxima Fórmula 1 matéria
Vettel agradece a sorte por vitória na Austrália

Previous article

Vettel agradece a sorte por vitória na Austrália

Next article

Damon Hill discute com Twitter oficial da Mercedes

Damon Hill discute com Twitter oficial da Mercedes

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Evento GP da Austrália
Localização Melbourne Grand Prix Circuit
Pilotos Fernando Alonso Shop Now
Tipo de matéria Últimas notícias