Em 6º, Leclerc acha que Sauber pode seguir competitiva

Monegasco soma primeiros pontos na Fórmula 1 no Azerbaijão e mira para sequência do mundial

Depois de fazer uma grande corrida no Azerbaijão, Charles Leclerc mostrou confiança em si e em sua equipe Sauber. Em sexto em Baku, ele somou seus primeiros pontos na carreira já em seu quarto GP e esbanjou otimismo para as próximas provas.

“É bom ter uma boa corrida em que colocamos tudo junto. Obviamente, fomos ajudados pelas circunstâncias, mas aproveitamos a oportunidade aqui.”

"Eu tive meus dois primeiros GPs muito difíceis. Xangai foi muito mais positivo, mas a corrida não foi ótima, mas acontece. Chegar aqui e finalmente conseguir nossos primeiros pontos é bom.”

Leclerc disse que a corrida deu a ele uma ideia clara de onde a equipe precisa melhorar. “Nosso ritmo de corrida é mais forte que o nosso ritmo de qualificação no momento. No TL2 nós realmente vimos isso”.

“Agora precisamos investigar isso e melhorar nosso ritmo de combustível baixo. Se conseguirmos fazer isso, devemos ser muito competitivos, porque o ritmo de corrida no início foi muito bom. Então, no final, com pouco combustível, lutamos um pouco mais. Mas o P6 no final é ótimo.”

O piloto de 20 anos ficou surpreso ao terminar a corrida um lugar à frente de Fernando Alonso.

“Fernando era um piloto que eu assistia quando eu tinha cinco anos em Mônaco, então correr com ele hoje é uma loucura. Ter sido capaz de lutar com ele... ok, tivemos a vantagem do pneu, mas mesmo no final da corrida, estávamos fortes em comparação com a McLaren. A corrida toda nós estávamos fortes em comparação a eles.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Charles Leclerc
Tipo de artigo Últimas notícias