Em 7º e derrotando Alonso, Vandoorne vê GP difícil à frente

Piloto belga celebra grande dia em Sepang e espera que concorrentes não tenham se preparado bem após tempo reduzido de pista seca

Stoffel Vandoorne teve sua melhor classificação no ano neste sábado (30) na Malásia. Mesmo com a fraca performance do motor Honda nas duas grandes retas de Kuala Lumpur, o piloto da McLaren cravou o sétimo tempo no Q3 sendo pouco mais de 0s1 mais veloz que Fernando Alonso, que sairá em 10º.

Foi a terceira vez que o piloto belga se classificou à frente do espanhol neste ano. Ele celebrou o resultado.

“Acho que toda a sessão de classificação foi realmente boa para nós”, disse.

“Do momento em que entrei, não cometi erros, fiz boas voltas mais ou menos em todas as tentativas e penso que me qualificar em sétimo em um circuito como este provavelmente é o melhor que podíamos fazer.”

“Nós sempre soubemos que poderíamos estar muito perto do Q3, mas lutar pelo sétimo lugar foi talvez um pouco inesperado.”

Sobre suas chances na prova, Vandoorne se mostrou cético. “Eu acho que geralmente tendemos a ir um pouco melhor em uma volta do que na corrida, então acho que amanhã será difícil, mas pelo menos estamos em uma posição em que podemos andar bem.”

“Espero que ninguém tenha feito nenhuma preparação real para o ritmo de prova e espero que entremos na corrida um pouco mais preparados do que os outros.”

“Eu acho que será mais difícil de pontuar do que em pistas como Cingapura e Mônaco, mas estamos em uma boa posição. Mostramos um bom ritmo na qualificação. Ninguém realmente fez nenhuma preparação de corrida, então é difícil dizer como iremos, mas estamos em uma boa posição.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Malásia
Pista Sepang International Circuit
Pilotos Stoffel Vandoorne
Tipo de artigo Últimas notícias