Em 7º, mas atrapalhado, Hulkenberg acha que dava para ter ido melhor

Piloto da Force India disse que perdeu tempo ao encontrar Maldonado em trecho sinuoso. Paul di Resta foi o 13º

Hulkenberg largará em sétimo em Austin

Mais uma vez entre os 10 primeiros no treino classificatório, Nico Hulkenberg acha que poderia ter até ido além do ótimo sétimo lugar neste sábado em Austin. O piloto disse que perdeu um pouco de tempo com Pastor Maldonado em sua volta rápida.

“Estou feliz por estar mais uma vez no Top 10 e isso foi graças ao esforço de toda equipe, já que na sexta estávamos atrás. Minha volta final não foi ruim, mas ficou um pouco comprometida, pois encontrei uma Williams durante a curva, então talvez pudesse ir além”, comentou o alemão da Force India, que fez o oitavo tempo, mas ganhou uma posição graças à punição sofrida por Grosjean.

“Nosso ritmo de corrida parece competitivo, pelo que vimos ontem, mas há muitas incógnitas, já que não podemos comparar com dados de corridas passadas. De qualquer forma, estou gostando muito de dirigir nessa pista e acho que estamos em boa forma”, concluiu.

Seu companheiro Paul di Resta não teve um sábado tão animador. Ficou no Q2 e vai largar em 13º. “Está sendo um fim de semana difícil para mim, estou lutando muito para aquecer os pneus. Como tenho um estilo mais suave, ao contrário do Hulkenberg que é mais agressivo, estou com dificuldade para fazê-los funcionar.”

Mas Di Resta teve o que comemorar. Em 13º, largará no lado limpo da pista. “A boa notícia é estou no lado limpo do grid, o que deve me ajudar na largada. É uma corrida longa e não sei o que esperar. O carro não está exatamente como eu gostaria, mas espero fazer o melhor e, quem sabe, possamos usar a estratégia para seguir em frente”, definiu.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP dos EUA
Pilotos Paul di Resta , Nico Hulkenberg
Tipo de artigo Últimas notícias