Em décimo, Hülkenberg se diz aliviado com bom resultado

"Se alguém me dissesse antes da classificação que estaríamos em décimo, não acreditaria", fala o alemão

Hülk acha que não poderia ter feito melhor

Mesmo com algumas melhorias, o carro da Sauber ainda precisa melhorar na ótica do alemão Nico Hülkenberg. Mesmo assim, o piloto conseguiu tirar tudo do C32 e colocá-lo no Q3, algo que viu com ótimos olhos.

“Acho que foi uma boa classificação. Se alguém tivesse me contado antes da classificação que seria décimo, não teria acreditado”, disse Nico.

“Não ter tentado fazer volta no Q3 pode nos ter deixado melhor para a corrida. As melhorias que a equipe trouxe foram muito boas, e tudo foi muito suave na classificação. Estou muito satisfeito com o equilíbrio do carro. Estou ansioso por amanhã.”

Gutiérrez não foi tão bem, e ficou logo no Q1, em 18º, que, com a punição a Mark Webber virará 17º.

“Foi um resultado bem desapontador”, resumiu o mexicano.

“Foi muito desafiador fazer uma volta boa com apenas uma chance. Foi muito crítico, estive tentando andar um pouco mais do que deveria e terminamos com um pequeno erro, o que nos custou muito. Sinto muito pela equipe”, finalizou.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da China
Pilotos Nico Hulkenberg , Esteban Gutierrez
Tipo de artigo Últimas notícias