Em décimo pódio, Grosjean lembra de 2012: “me fez mais forte”

No local onde protagonizou acidente em largada e foi suspenso, Romain comemora pódio em momento difícil para Lotus

Depois de uma punição de cinco posições no grid de largada após se classificar em quarto lugar, Romain Grosjean não perdeu as esperanças neste domingo. O piloto francês lutou bravamente para conquistar um valioso terceiro lugar para si e para a equipe Lotus. Foi o décimo pódio de Grosjean, que não ia ao top-3 desde o GP dos EUA de 2013. O piloto chegou a chorar no rádio após a bandeirada.

O momento para a Lotus também é difícil, já que o ex-piloto de testes da equipe, Charles Pic, entrou com uma ação judicial contra o time na Bélgica e o time pode não conseguir sair com seus carros do país.

“Foi um final de semana incrível para nós”, iniciou Grosjean, que se beneficiou de um estouro de pneu de Vettel na penúltima volta para garantir o top-3. O alemão da Ferrari arriscava fazer apenas um parada nos pits.

“Tivemos uma grande classificação ontem, mas infelizmente tivemos uma punição para hoje. Mas tivemos uma boa corrida. Estamos no pódio, sabemos que muita gente no time trabalhou duro para isso, para que pudéssemos estar aqui.”

Para Romain, o acidente que provocou na largada do GP da Bélgica em 2012 foi importante para sua carreira. “Obviamente a largada de 2012 aqui deixou sua marca em mim, mas me fez mais forte e me permitiu estar uma décima vez no pódio.”

“Estar aqui hoje é muito especial. Tem o gosto de uma vitória.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Bélgica
Sub-evento Domingo corrida
Pista Spa-Francorchamps
Pilotos Romain Grosjean
Equipes Lotus F1
Tipo de artigo Últimas notícias