Em dia difícil, Massa lamenta condições climáticas mais uma vez

Assim como na Austrália, Williams tem problemas após chuva na classificação e Felipe faz apenas 13º tempo

Mesmo com um bom carro, Felipe Massa voltou a ter problemas neste sábado em Kuala Lumpur para tirar o máximo de sua Williams. Com um equipamento que demonstra não ter o melhor equilíbrio no molhado, o brasileiro não foi capaz de fazer melhor que um 13º lugar, ficando no Q2 neste sábado no treino para o GP da Malásia.

“Foi uma classificação muito difícil. Não é novidade que nosso carro não rende em uma situação como essa”, disse o brasileiro na Malásia ao TotalRace.

“Hoje foi difícil achar o caminho. Na Austrália a gente conseguiu uma posição um pouquinho melhor, mas aqui não teve o que fazer nessa condição de chuva. O carro não rende e estamos largando mais atrás do que ele permite em uma condição de seco, sem dúvida. Não tinha o que fazer em uma condição assim. Estamos largando bem atrás do que poderíamos se estivesse seco.”

Entrando de pneus intermediários no início do Q2, Felipe lamentou a escolha após uma aposta errada.

“Eu estava com pneus de chuva no começo do Q2 e perguntei como estavam os outros carros. O Bottas, de intermediários, estava melhorando um setor dele. Meu engenheiro falou isso e resolvemos arriscar”, lamentou.

“Saí de intermediário, estava muito molhado, não dava para ficar e troquei. Eu cheguei a dar uma volta [com os pneus de chuva], andei com ambos os pneus. Não tinha muito o que fazer.”

Quanto à previsão para amanhã, Felipe não arrisca dizer o que pode acontecer. “A previsão não dá para saber. Tinha chance de chuva para hoje como tinha para ontem também. No fim, é difícil saber. Vamos esperar. Vamos esperar que seja uma condição melhor para o nosso carro.”

“No seco sem dúvidas dá para nós brigarmos. Tirando a Mercedes que estava muito na frente de todo mundo, o resto estava em meio segundo. Acho que conseguiremos brigar em uma condição melhor.”

Os problemas de seu companheiro, Valtteri Bottas, foram ainda maiores: além de ter de lidar com a falta de aderência do carro, o finlandês ainda levou uma punição e perdeu três posições no grid de largada por ter atrapalhado Daniel Ricciardo e larga em 18º.

“Quanto mais água havia na pista, mais dificuldades nós tínhamos. Não havia aderência com nenhum dos tipos de pneu. A pista molhada salienta nossas dificuldades, então temos uma direção clara de onde precisamos melhorar o carro”, disse o finlandês que, antes de receber a punição, não acreditava que teve culpa no incidente com a Red Bull. “Vou falar com ele. Houve várias ocasiões ano passado que... já corremos juntos em categorias de base e achava que tínhamos muito respeito um pelo outro. Ele já fez isso muitas vezes.”
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Malásia
Pilotos Felipe Massa
Tipo de artigo Últimas notícias