Em êxtase, Button se diz orgulhoso por triunfar com grid cheio de campeões

compartilhar
comentários
Em êxtase, Button se diz orgulhoso por triunfar com grid cheio de campeões
18 de mar de 2012 05:36

Inglês acredita que F-1 vive bom momento com tantos pilotos de qualidade e parabeniza equipe por êxito em pré-temporada

"Me sinto no topo do mundo, é como costumam dizer". Jenson Button não deu chances aos rivais na abertura do Mundial de Formula 1. O inglês assumiu a liderança na largada e em nenhum momento foi ameaçado. Com a vitória, o piloto da McLaren acumula três conquistas nas últimas quatro provas em Melbourne.

"Toda vitória significa muito e esta é importante para nós como equipe, mostra o quão fundamentais são os testes de inverno, algo que já tínhamos mostrado ontem. É bom ganhar a primeira corrida. Os caras de Woking fizeram um trabalho fantástico e isso vai ajudá-los a forçar ainda mais para fazer novas peças."

"É importante somar 25 pontos, mas o mais importante é a terceira vitória em quatro corridas aqui, para começar o ano em alta. Nas últimas temporadas, tivemos um início complicado, mas a McLaren está forte logo de cara", continua o piloto, que espera ver a escrita de que o piloto que vence em Melbourne geralmente fecha o ano campeão (exceto em 2010, quando o próprio Button venceu, em três das últimas quatro provas o vencedor levou o título).

"É uma ótima estatística, apesar de em 2010 ter vencido a prova e não ter sido este o caso. Foi uma importante vitória, que significou muito para a equipe. Meu mecânico, Luke, ficou preocupado o tempo todo, pois foi um inverno louco e ele finalmente conseguiu dormir na noite passada". E, apesar da vitória confortável, o campeão de 2009 não a considerou fácil.

"Sempre parece fácil para o líder, mas é bem diferente. O carro rendeu bem o dia todo, aí conseguimos uma liderança de dez segundos, controlada, e perdemos tudo no safety car. Mentalmente, isso é desgastante. Aí você cuida dos pneus na relargada e precisa de uma volta boa nas duas primeiras, para evitar ser vítima do DRS. E conseguir abrir 3s7 me fez abrir um sorriso, pois a Red Bull foi forte na corrida, mas não na classificação. Parece que trocamos de lugar em relação ao ano passado."

A Red Bull que, para ele, será ameaça em Sepang. "Eles devem chegar lá. Não me surpreendi com eles, sabia que seriam competitivos e apresentaram um ritmo bom. Fizeram um trabalho sólido para chegar em segundo, mas nós fizemos melhor."

Button, que no passado chegou a ter problemas para aquecer os pneus, admitiu que o horário tardio da largada (5h locais) fez com que temesse problemas com os compostos da Pirelli. Por este motivo precisou tomar cuidados extras. "Pela corrida ser tão tarde, é difícil manter a temperatura dos pneus, principalmente durante o safety car. Forcei bastante para ter uma boa relargada e tinha economizado combustível antes, o que acho que nos ajudou muito. Foi um dia incrível."

Se a vitória no GP da Austrália não é novidade para Button, jamais ele venceu uma corrida com um grid tão estelar. "Achamos que este ano é muito especial – ano passado já foi também, com cinco campeões –, mas agora temos seis campeões e muitas equipes competitivas. A F-1 vive um bom momento, é um bom esporte para se fazer parte."

Acompanhado de sua turma habitual (pai e namorada), Button pretende curtir um pouco a vitória na prova inaugural do campeonato. "Ainda não estou pensando na Malásia. Vou curtir com a equipe, amigos e família."

Próxima Fórmula 1 matéria
Após "dia duro", Hamilton não esconde decepção por terceiro lugar

Previous article

Após "dia duro", Hamilton não esconde decepção por terceiro lugar

Next article

Sem poder com "imbatível" Button, Vettel fica feliz com 2º lugar

Sem poder com "imbatível" Button, Vettel fica feliz com 2º lugar
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Evento GP da Austrália
Pilotos Jenson Button Shop Now
Tipo de matéria Últimas notícias