Em GP favorável à Lotus, Kimi quer repetir boa atuação de 2012

Equipe colocou dois carros no pódio no ano passado e Raikkonen terminou à frente de Vettel. Dúvida é sobre os pneus

Em 2012, a Lotus colocou seus dois carros no pódio em Hungaroring, com Kimi em segundo e Grosjean em terceiro. Melhor: o finlandês ainda chegou à frente de Vettel, que terminou na quarta colocação. Mais um resultado como aquele é tudo que a equipe espera para a corrida do próximo domingo.

“Obviamente andamos bem aqui no passado e o tempo quente desta época do ano normalmente é bom para gente”, disse Raikkonen ao TotalRace. “Mas temos novos pneus e é muito difícil dizer como eles se comportarão. De qualquer jeito, vamos tentar fazer o melhor para conquistar outro bom resultado aqui”, ponderou.

Atualmente na terceira colocação no campeonato, com 116 pontos – 41 a menos que Vettel – Raikkonen ainda sabe se a participação da Lotus nos testes da semana passada em Silverstone fará o carro evoluir muito a partir de agora. “Claro que deu para melhorar algumas coisas, mas só amanhã saberemos realmente o quanto conseguimos evoluir. Temos que fazer um bom trabalho nos treinos e só aí analisar”, observou.

Além de ser bom para o carro da Lotus, o GP da Hungria costuma atrair muitos fãs finlandeses, o que faz com que, na Finlândia, este seja considerando quase como um GP caseiro. “As pessoas comentam bastante que este é como se fosse um GP finlandês, devido à quantidade de fãs. É legal fazer parte disto, mas não sinto como se estivesse correndo na Finlândia. Para mim é apenas mais uma corrida na Europa. Mas é um bom lugar para correr”, afirmou o piloto.
 

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Hungria
Pilotos Kimi Raikkonen
Tipo de artigo Últimas notícias