Em quinto no grid, Alonso mostra preocupação com ritmo de corrida

Segundo espanhol, carro da Ferrari também esta sofrendo com desgaste de pneus na pista coreana

Comparado com o sétimo lugar em Cingapura, a quinta colocação no grid de largada para o GP de amanhã, na Coreia do Sul não é está ruim para Fernando Alonso. Ainda mais levando em conta que o espanhol tem largado muito bem esse ano e diversas vezes conquistou várias posições na primeira volta. Mas Alonso não parecia muito satisfeito após o treino classificatório disputado em Yeongam neste sábado.

Ouvido pelo TotalRace, o piloto da Ferrari mostrou preocupação com o ritmo de corrida, ponto forte da Ferrari na temporada. “Em relação à classificação era impossível fazer melhor. Ficamos quase quatro décimos atrás do quinto colocado (Alonso fez o sexto tempo, mas larga em quinto, graças à punição de Webber), então não tinha como superar isso. Claro que não estamos satisfeitos nunca, mas temos esse problema no sábado. Vamos ver o que acontece amanhã. Não fomos tão bem em ritmo de corrida durante o treino de sexta-feira”, considerou o espanhol.

Segundo Alonso, o carro está sofrendo principalmente com problemas nos pneus. “Tivemos problemas ontem e hoje, na classificação, o pneu não durou nem uma volta. No último setor eles já estavam bem desgastados, então sofreremos amanhã. Mas, de qualquer jeito, será assim para todos e tentaremos fazer o melhor possível. No seco ou na chuva. No domingo normalmente vamos melhor e espero repetir isso.”, minimizou o bicampeão, que acredita em duas paradas na corrida.

“Duas paradas será o ideal. Os pneus não estão durando nem 5 km e isso é complicado. Mas só precisamos fazer com que dure mais do que os de nossos adversários”, completou.

De acordo com o espanhol, será difícil repetir uma largada com a que conseguiu em Cingapura, quando pulou de sétimo para terceiro nas primeiras curvas. “Na primeira curva temos todos que passar um a um, como um comboio. Então, não devemos arriscar. Guardaremos todos os ataques para a curva três, depois da reta. É uma boa oportunidade para tentar ganhar posições. Se der tudo certo, como em Cingapura, é ótimo, mas pode acontecer um erro na largada e, se acontecer, acertamos o muro e podemos perder o campeonato por um erro. É uma linha tênue, mas não há escolha. Aconteça o que acontecer”, explicou.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Coreia
Pilotos Fernando Alonso
Tipo de artigo Últimas notícias