Em seu segundo ano na F1, Vergne diz que está mais confortável agora

Francês, conseguiu seu melhor resultado no Canadá, antes do abandono em Silverstone, diz que hoje é um piloto melhor

Após um começo de ano sem muito brilho, Jean-Eric Vergne fez boas provas em Mônaco e no Canadá. Em Silverstone, o piloto foi mais uma vítima dos pneus Pirelli e acabou abandonando. Ouvido pelo TotalRace, o piloto contou sobre as diferenças entre sua segunda temporada e seu ano de estreia na F1.

“Agora eu me sinto bem mais confortável no carro, na categoria e na equipe. Me sinto bem melhor com o time e sei que sou um piloto melhor. Estou entendendo mais coisas, me sinto com mais recursos”, disse o piloto que chegou na 6ª posição no Canadá, seu melhor resultado na F1.

“Estou dando o meu melhor e estou satisfeito com minha performance. Não fiz nada de especial nas últimas corridas, apenas o básico e algumas coisas vieram naturalmente, então isto é bom”, comentou.

Sobre o fato de uma vaga ainda estar em aberto para 2014, com a saída de Mark Webber, o francês disse que nada mudou. “Não estou sentindo nenhuma diferença agora, nenhuma pressão a mais. Seja aqui na Toro Rosso ou na Red Bull, adoro correr por este time, pois eles que me deram a oportunidade de entrar na F1”.
 

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias