Em um dia difícil, Nasr diz que Sauber sofreu com a falta de tração

Terminando a quinta-feira, com a 16º e 17º colocações nas sessões, brasileiro fala que ainda precisa de muito trabalho

O dia não foi fácil para a Sauber, ficando nas últimas posições no primeiro dia de treinos para o GP de Mônaco, a equipe sofreu um pouco com a falta de tração e com isso, Felipe Nasr não conseguiu passar da 16º colocação nesta quinta-feira e afirma que há muito trabalho a ser feito

A verdade é que a chuva que caiu durante a segunda sessão em Mônaco, atrapalhou os planos de todas as equipes em evoluir e acertar o carro, impedindo todos a realizarem os ‘long runs’, entretanto, a Sauber já enfrentava alguns problemas durante todo o dia, como diz, Felipe Nasr.

“Não foi um dia fácil para nós. Na parte da manhã foi difícil fazer os pneus dianteiros funcionarem corretamente. Isto foi influenciado pela temperatura mais fria e também a falta de downforce. Na segunda sessão fizemos um par de voltas antes da chuva começar. Identificamos que a nossa principal limitação no momento é a falta de tração. Precisamos melhorar isso para sábado", aponta o piloto.

Ericsson também não teve uma boa sessão pela manhã e a tarde sequer conseguiu registrar um tempo, devido a falha no carro, o piloto sabe que a quinta-feira não ajudou e que a equipe precisará trabalhar muito na sessão de treino livre do sábado, última antes da classificação.

“Na sessão da manhã a preocupação era com o acerto. Não conseguimos completar o máximo de voltas como eu gostaria. No início da sessão da tarde ocorreu um problema ERS e, portanto,o treino teve o fim para mim.Eu ainda estou ansioso para o fim de semana”, disse o sueco.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP de Monaco
Pista Monte Carlo circuito de rua
Pilotos Felipe Nasr
Equipes Sauber
Tipo de artigo Últimas notícias