Emerson revela emoção ao se reencontrar com clássicos

Brasileiro teve a oportunidade de pilotar três carros que marcaram época nos anos 60 e 70 na Fórmula 1

O último final de semana foi especial para Emerson Fittipaldi. O bicampeão de Fórmula 1 dos anos 1970 teve a oportunidade de pilotar alguns carros históricos no Festival da Velocidade, realizado na Inglaterra. Falando com exclusividade ao TotalRace, o ex-piloto e empresário relembrou a experiência.

“Tive uma experiência espetacular em Goodwood. Na sexta-feira, pilotei o John Player Special, no sábado andei com a Lotus 49, com a qual estreei no mundial, e no domingo, tive meu grande presente: pilotei o carro do Jim Clark com o qual ele ganhou o mundial de 1963 – a Lotus 25, que é um clássico.”

Ocupar o mesmo cockpit de um de seus ídolos da adolescência mexeu com o brasileiro. “O carro ainda anda, anda muito, e fiquei muito emocionado. O Jim Clark, quando eu era jovem aqui no Brasil, era um dos grandes ídolos – não apenas meu, mas de todos nós apaixonados pelo automobilismo naquela época. Ele apareceu do nada e começou a ganhar todas as corridas. Com aquele carro, ele ganhou 7 dos 10 GPs, o que é espetacular.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias