Empresa de Ecclestone vende mais de 20% das ações da F-1

compartilhar
comentários
Empresa de Ecclestone vende mais de 20% das ações da F-1
Por: Julianne Cerasoli
18 de jun de 2012 08:23

Em negócio que visa preparar categoria para entrar na bolsa de valores, trio de empresas investe US$ 500 milhões

A principal acionista da F-1, a CVC Capital Partners, presidida por Bernie Ecclestone, anunciou a venda de US$ 500 milhões em ações. O negócio precede a entrada da categoria no mercado de ações e ocorre quase um mês depois de outra grande venda, ambas ao mesmo trio de investidores.

Com a nova negociação, o trio formado por Waddell & Reed, Norges Bank e BlackRock agora controla 21% das ações do esporte. De acordo com a CVC, o valor total da F-1 chega aos 9,1 bilhões de dólares.

O anúncio ocorre logo após Ecclestone reconhecer que a programada entrada da F-1 no mercado de ações de Cingapura havia sido postergada devido à instabilidade do mercado internacional.

Próxima Fórmula 1 matéria
FIA conversa com equipes para possível redução de custos na F-1

Previous article

FIA conversa com equipes para possível redução de custos na F-1

Next article

Ao contrário do ano passado, Valência terá uma zona de DRS

Ao contrário do ano passado, Valência terá uma zona de DRS
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Autor Julianne Cerasoli
Tipo de matéria Últimas notícias