Empresário de Kubica cogita volta já no GP do Brasil

Danielle Morelli abre a possibilidade do polonês disputar uma corrida ainda neste ano e afirma que perna está quase 100% recuperada

Kubica sofreu acidente de rali em fevereiro

O empresário de Robert Kubica, Danielle Morelli, abriu a possibilidade do polonês voltar a disputar um GP ainda neste ano. O italiano afirmou à "Gazzetta dello Sport" que é possível pensar no retorno para a última prova do ano, no Brasil.

A posição da Renault até o momento é ceder o carro ao piloto em algumas sessões de treinos livres no final da temporada, caso Kubica se mostre recuperado do acidente que sofreu dia 6 de fevereiro.

“A recuperação está progredindo de maneira positiva. A perna direita está ótima. Se esse fosse o único problema, Robert estaria praticamente pronto. Esta não é nossa preocupação”, afirmou ao jornal.

Pelas fotos divulgadas ontem pelo site polonês "Fakt.pl", é a mão direita o foco da recuperação no momento. As imagens mostravam Kubica caminhando com a ajuda de uma muleta e o antebraço direito imobilizado.

“Acho que podemos pensar em correr na última prova da temporada. De qualquer maneira, quando Robert testar no simulador, ele vai imediatamente entender se está apto a voltar, como e quando, sem precisar de um cronêmetro.”

De acordo com a "Gazzetta dello Sport", o polonês passará por uma última cirurgia em seu braço hoje, sob a supervisão do Dr. Igor Rossello, especialista na região, que vem atendendo-o desde o acidente, ocorrido durante uma prova de rali na Itália.

Segundo o chefe da Renault, Eric Boullier, Kubica só deve começar o trabalho de recuperação integral em agosto. “É tarde. Mas só tomaremos uma decisão quando isso acontecer.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias