Engenheiro de pista de Kimi Raikkonen deixa Ferrari

Por motivos pessoais, David Greenwood irá retornar ao Reino Unido e obriga Ferrari a remodelar seu staff

Engenheiro de pista de Kimi Raikkonen, David Greenwood deixará a Ferrari antes do início da temporada 2018. Greenwood juntou-se à Ferrari para o ano de 2015, tendo ocupado o papel de engenheiro-chefe da Marussia previamente. Ele passou as últimas três temporadas trabalhando com Raikkonen.

Greenwood deixou a equipe por motivos pessoais e retornará ao Reino Unido, onde deverá trabalhar no projeto da Manor no WEC.

A Ferrari ainda não tomou uma decisão sobre quem irá substituir Greenwood, mas uma decisão é esperada nas próximas semanas.

Como parte de uma remodelação menor, o chefe de operações do time, Diego Ioverno, não ficará mais no pitwall e nem viajará para corridas. Ele ficará na fábrica.

Ainda não está claro se ele será substituído diretamente ou se seus deveres serão divididos entre a equipe de engenharia na pista.

Uma das opções é que Jock Clear assuma algumas destas funções como parte de seu papel como chefe de atividades na pista.

São esperados novos ajustes na estrutura do time antes da pré-temporada, que começa em 26 de fevereiro.

Raikkonen e Greenwood construíram um forte relacionamento de trabalho, que desempenhou um papel fundamental para a melhora do finlandês nos últimos anos.

Presidente da Ferrari, Sergio Marchionne terminou 2017 advertindo que a forma de Raikkonen precisaria melhorar ainda mais em 2018 para que a equipe continuasse com ele.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Kimi Raikkonen
Equipes Ferrari
Tipo de artigo Últimas notícias