Engenheiro demitido pela Ferrari é alvo da Mercedes

Lorenzo Sassi, que trabalhou na unidade de potência italiana em 2017, está perto de se juntar aos campeões mundiais

A Mercedes deverá enriquecer seu corpo técnico em 2018 com um antigo funcionário da Ferrari. Lorenzo Sassi, que deixou a equipe italiana neste ano, está na mira dos atuais campeões mundiais para a próxima temporada da F1.

Sassi trabalhou diretamente no desenvolvimento da unidade de potência da Ferrari em 2017. No entanto, ele acabou demitido pela fabricante italiana em julho, ocupando um cargo provisório no setor de carros de rua da Fiat-Chrysler.

Contudo, Sassi já está liberado para negociar com outras equipes. De acordo com os jornais espanhóis AS e Marca, o engenheiro deverá ser confirmado em breve como novo contratado da Mercedes.

Caso a notícia se confirme, Sassi seria mais um engenheiro ex-Ferrari a se juntar à Mercedes. O time alemão já trouxe para debaixo de suas asas Aldo Costa e James Allison, que também tiveram passagens antigas pela Ferrari. 

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias