Entender o que deu errado com Massa vira prioridade na Williams

Equipe não sabe por que brasileiro teve um rendimento tão diferente de Bottas durante o GP da Espanha

Entender a diferença de performance entre seus dois carros será o grande da Williams nos próximos dias, adiantou ao TotalRace o chefe de performance veicular, Rob Smedley. Durante o GP da Espanha, Valtteri Bottas foi o quinto colocado, com quase um minuto de vantagem para o companheiro Felipe Massa, que teve de fazer uma parada nos boxes a mais que o finlandês devido ao alto desgaste de pneus.

[publicidade]“É uma prioridade do grupo operacional entender o que aconteceu com a corrida de Felipe para chegarmos em Mônaco na melhor forma. É por isso que temos 500 pessoas na Williams, para entender por que um carro usou mais pneus do que outro.”

Smedley saiu em defesa de Massa, que largou em nono lugar e terminou a prova fora dos pontos, em 13º.

“Felipe foi muito rápido em uma volta durante todo o final de semana, é justo dizer que mais rápido que Valtteri. Tirando o tempo perdido pelo erro na classificação, talvez ele estaria um décimo à frente. É uma diferença pequena. Mas ele teve muita degradação na corrida.”

Segundo o engenheiro, o acerto dos dois carros era o mesmo, mas é possível que este seja um dos motivos para o comportamento distintos. Smedley, contudo, quer estudar todas as possibilidades.

“Seria muito injusto eu dizer que é somente por estilos diferentes de pilotagem. Precisamos ver se os procedimentos foram corretos, se havia um problema físico no carro do Felipe – aerodinâmico ou algo do tipo. E, quando digo que os acertos eram idênticos, isso não quer dizer que o mesmo acerto de Valtteri é o melhor para o Felipe, e vice-versa. Temos de observar todos os aspectos.”
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias