Equipe Lotus Renault tem sexta-feira explosiva na Malásia

compartilhar
comentários
Equipe Lotus Renault tem sexta-feira explosiva na Malásia
Por: Redação TotalRace
8 de abr de 2011 08:53

Com problemas de suspensão, Nick Heidfeld fez uma volta inteira se arrastando, enquanto Vitaly Petrov teve uma quebra mais espetacular

Renault ficou um bom tempo parada nos boxes nesta sexta-feira

A sexta-feira da Renault não foi das mais tranquilas. Empolgado com o pódio conquistado por Vitaly Petrov no GP da Austrália, o time sofreu com falhas nas suspensões de ambos os pilotos ainda na primeira sessão de treinos livres. Com isso, Petrov e Nick Heidfeld perderam muito tempo de pista – somando o trabalho da dupla nas duas sessões, deram apenas 43 voltas.

O chefe da equipe, Eric Boullier, admitiu que as falhas atrapalharam bastante o programa da Renault. “Descobrimos que as duas quebras são consequências das novas ligações da suspensão às rodas, vindas de lotes diferentes, então suspeitamos que é um problema anterior”, afirmou em entrevista acompanhada pelo TotalRace.

“Perdemos muito (com os carros parados), porque aqui a degradação é muito alta. É importante avaliar e equilibrar o carro para limitar esse desgaste, além do que os pilotos precisam de tempo de pista.”

Heidfeld e Petrov reclamaram da falta de tempo para trabalhar no acerto do carro, o que terá que ser feito da sessão de treinos livres de uma hora, amanhã.

“Por causa dos problemas da primeira sessão não andamos muito hoje. Tivemos de priorizar o trabalho do segundo treino e decidimos apenas fazer uma saída longa com pneus macios. Deu para perceber a grande degradação”, confirmou Nick Heidfeld, por meio da assessoria de imprensa da equipe.

O alemão, que foi sétimo na primeira sessão e oitavo na segunda, está otimista para o restante do final de semana.

“Tendo em vista que não fizemos muito trabalho de acerto hoje, é encorajador que tenha ficado entre os dez melhores em ambos os treinos.”

Seu companheiro, Vitaly Petrov, que viu a roda de seu R31 estourar quando buscou o freio e teve uma escapada de pista espetacular, acredita que ainda pode ter um bom final de semana, apesar do tempo perdido. O ruso foi 24º no primeiro treino e 13º no segundo.

“Não foi o melhor dos dias. O problema foi uma grande surpresa e decidimos voltar para a pista apenas depois de entendermos o que havia acontecido. Quando finalmente retornei, o carro estava bom, mas o tempo estava limitado e não pudemos trabalhar com o acerto.”

Próxima Fórmula 1 matéria
Vettel confirma uso do Kers no carro da Red Bull para o final de semana

Previous article

Vettel confirma uso do Kers no carro da Red Bull para o final de semana

Next article

Confirmado: Lucas di Grassi testará pela Pirelli

Confirmado: Lucas di Grassi testará pela Pirelli

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Evento GP da Malásia
Pilotos Nick Heidfeld , Vitaly Petrov
Autor Redação TotalRace
Tipo de matéria Últimas notícias