Equipe Renault tem primeiro lucro desde 2009

compartilhar
comentários
Equipe Renault tem primeiro lucro desde 2009
Adam Cooper
Por: Adam Cooper
11 de jul de 2018 12:12

Time diz que apesar de grandes gastos ainda está dentro de plano pré-estipulado de cinco anos

Carlos Sainz Jr., Renault Sport F1 Team R.S. 18
Nico Hulkenberg, Renault Sport F1 Team R.S. 18
Nico Hulkenberg, Renault Sport F1 Team R.S. 18
Nico Hulkenberg, Renault Sport F1 Team R.S. 18
Nico Hulkenberg, Renault Sport F1 Team R.S. 18
Nico Hulkenberg, Renault Sport F1 Team R.S. 18

A Renault Sport F1 informou que está avançando em seu plano financeiro de cinco anos depois de ter tido um lucro modesto em 2017 – primeira vez que o time está no azul desde 2009, quando foi a última temporada sob a posse total da Renault.

As contas recém-lançadas da empresa mostram que ela teve um aumento significativo no rendimento no ano passado, fazendo com que as perdas feitas pela equipe Enstone em seu primeiro ano sob propriedade da Renault, em 2016, se tornassem lucro.

A equipe teve um faturamento de 136,3 milhões de libras em 2017, acima das 119,7 milhões libras. Com isso, o time transformou uma perda de 3,3 milhões de libras em 2016 em um lucro de 1,1 milhão de libras.

A renda do prêmio em dinheiro caiu depois que a equipe terminou em nono no campeonato mundial de 2016, tendo sido a sexta colocada - como Lotus-Mercedes - em 2015. No entanto, as receitas de patrocínio aumentaram, contribuindo para o aumento do faturamento.

A conta de salários subiu significativamente depois que a contagem média subiu de 511 empregados em 2016 para 606 no ano passado.

A equipe deixa claro que investiu pesado na melhoria das instalações da fábrica e que o processo ainda está em andamento: "o investimento de longo prazo da Renault está evidenciado no balanço patrimonial, em que os ativos fixos aumentaram em 12 milhões libras, após o crescimento de 11,8 milhões de libras em 2016”.

"O maior investimento de capital permanecerá durante o ano de 2018 para completar a melhoria do local em Enstone, bem como vários outros projetos-chave para impulsionar o desenvolvimento e reforçar os planos de longo prazo da Renault para vencer o campeonato de construtores."

A Renault ressalta que ainda está na meta com o desempenho de cinco anos, e o plano de negócios que definiu depois que assumiu a equipe em dezembro de 2015, e que vai até o final da temporada de 2020.

"A receita, as despesas reais e o desempenho dos negócios durante o ano encerrado em 31 de dezembro de 2017 não resultaram em uma revisão significativa sendo necessária para o Desempenho e o Plano de Negócios".

Próxima Fórmula 1 matéria
Ricciardo não procura status de nº1 em novo acordo com RBR

Previous article

Ricciardo não procura status de nº1 em novo acordo com RBR

Next article

Red Bull acha que Ferrari agora tem o melhor motor da F1

Red Bull acha que Ferrari agora tem o melhor motor da F1

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Equipes Renault F1 Team
Autor Adam Cooper
Tipo de matéria Últimas notícias