"Era a hora de Nasr ir para a F-1", diz Massa, que revela bronca

"Viemos juntos dos EUA e ele não me contou nada", brinca brasileiro sobre confirmação do compatriota para 2015

Felipe Massa comemorou a confirmação de Felipe Nasr como piloto titular da Sauber na próxima temporada e revelou até a bronca pelo brasiliense, com o qual trabalha atualmente na Williams, não ter dito previamente quais eram seus planos. Nasr é piloto de testes da equipe inglesa e viajou junto do titular de Austin, palco da última etapa, para São Paulo.

[publicidade] “Voltamos juntos dos Estados Unidos e fiquei surpreso porque ele não me contou nada e, no dia seguinte, apareceu o anúncio”, revelou ao TotalRace. “Mas fiquei muito feliz por ele. Ele está tendo a oportunidade de entrar na Fórmula 1 pela mesma equipe que eu entrei e fico muito feliz por ele. É uma grande pessoa e um grande piloto.”

Massa frisou a importância da continuidade do Brasil na categoria máxima do automobilismo, mas disse que isso não esconde a necessidade do país melhorar sua estrutura.

“Isso é algo importante para o automobilismo brasileiro, que está completamente desorganizado e precisa melhorar. Temos um piloto entrando na Fórmula 1 e tomara que não seja o último para que continuemos tendo o Brasil entre os melhores.”

Por fim, o brasileiro lembrou que a oportunidade de Nasr chega na hora certa: o piloto já havia feito três temporadas na principal categoria de acesso para a Fórmula 1 e vivia um momento decisivo na carreira.

“Trabalhamos juntos dentro da Williams e o conheço bem. Ele estava em sua terceira temporada na GP2, era a hora dele ir para a Fórmula 1, porque depois acaba ficando mais difícil. Desejo o melhor para ele. Não é um ótimo momento para a Sauber e não sei exatamente como serão as coisas e o quão competitivos eles podem ser. Mas tomara que ele possa continuar por vários anos na Fórmula 1, e não apenas fazer algumas temporadas.”
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias