Ericsson defende retrospecto contra Wehrlein em 2017

compartilhar
comentários
Ericsson defende retrospecto contra Wehrlein em 2017
14 de dez de 2017 12:02

Mesmo sendo único piloto de tempo integral a zerar na F1 no ano, sueco acredita que mostrou evolução ao lado do alemão

Marcus Ericsson, Sauber C36
The steering wheel detail of Marcus Ericsson, Sauber C36
Marcus Ericsson, Sauber
Marcus Ericsson, Sauber C36
Pascal Wehrlein, Sauber C36
Pascal Wehrlein, Sauber
Pascal Wehrlein, Sauber C36

Marcus Ericsson defendeu seu desempenho apresentado durante a temporada de 2017 da F1, alegando que, ao comparar seu rendimento com o de Pascal Wehrlein, houve uma evolução de sua parte.

Muitos questionaram o fato de que o sueco será mantido na Sauber em 2018, sendo que Wehrlein deverá ficar de fora do grid. Afinal, Ericsson foi o único piloto que disputou a temporada completa de 2017 e que não saiu do zero na tabela de pontos – já Wehrlein pontuou por duas vezes, anotando cinco no total.

Contudo, o piloto considera que, ao analisar as estatísticas, pôde detectar uma evolução clara em seu desempenho.

“Sinto que evoluí como piloto e me tornei melhor e melhor”, disse.

“Acho que Pascal tem sido um piloto supertalentoso, e [foi] muito bom para mim tê-lo como companheiro. A reputação ao seu redor como um piloto júnior da Mercedes foi perfeito para tê-lo como referência.”

“Se você olhar as estatísticas, com a média entre companheiros de equipe, acho que fomos a dupla mais parelha do grid se analisar classificação e corrida.”

“O único problema é que estivemos, na maioria do tempo, no fundo do pelotão, sem lutar por pontos. É por isso que eu fiquei com zero ponto e ele com cinco, e aí parece que é uma grande diferença. Mas, se você olhar com mais atenção aos números, verá que foi muito parelho entre nós.”

Ericsson terá ao seu lado em 2018 o monegasco Charles Leclerc, campeão da F2 e membro do programa de pilotos da Ferrari.

Próxima Fórmula 1 matéria
Williams tirou vitória de Massa em Baku, diz Lowe

Previous article

Williams tirou vitória de Massa em Baku, diz Lowe

Next article

Ricciardo: Classificação foi meu ponto fraco em 2017

Ricciardo: Classificação foi meu ponto fraco em 2017

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Pilotos Marcus Ericsson , Pascal Wehrlein
Tipo de matéria Últimas notícias