Ericsson perde três posições no grid por bloqueio em Hulkenberg

Companheiro de equipe de Felipe Nasr foi considerado culpado pela direção de prova ao impedir alemão de completar volta rápida no Q1

Se Marcus Ericsson terminou o treino de classificação satisfeito com o desempenho de seu carro, o mesmo não dá para dizer de sua performance como piloto. Durante Q1, o sueco ainda estava em sua primeira volta, enquanto Nico Hulkenberg já vinha em ritmo mais rápido, buscando tempo de classificação.

Ambos acabaram se encontrando na Parabolica, o que acabou atrapalhando a volta de Hulk.

Após o término do treino, a direção de prova puniu Ericsson com a perda de três lugares no grid, saindo da décima, para a 13° posição, beneficiando também Felipe Nasr, que largaria em 12° e vai ganhar um posto.

Além disso, o piloto da Sauber teve mais dois pontos de penalidades contabilizados. Ao todo já são sete nos últimos 365 dias, não podendo chegar a 12, para não perder uma etapa do campeonato.

 

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Itália
Pista Monza
Pilotos Marcus Ericsson
Equipes Sauber
Tipo de artigo Últimas notícias