Especulações colocam Alonso na mira da Renault para 2016

Presidente da marca francesa buscaria os serviços do piloto espanhol para 2016, segundo o jornal espanhol As e Giancarlo Minardi

Segundo revelou o diário espanhol AS nesta quinta-feira, o presidente da Renault, Carlos Ghosn, está tentando a volta de Fernando Alonso como piloto da marca francesa para a próxima temporada.

A publicação diz que foram colocadas duas condições para a equipe voltar à Fórmula 1. O primeira é retornar à categoria para ganhar, e a segunda é alcançar isso com o melhor piloto. Assim, eles iniciaram o processo de integração do espanhol com a equipe francesa.

A versão é negada por pessoas próximas a Alonso, mas Giancarlo Minardi, que trabalhou com Alonso na Fórmula 1, publicou no site da empresa na última quinta-feira que a negociação está em curso.

"Com a aquisição da Lotus e seu retorno como um fabricante, os franceses têm todo o incentivo e as memórias de ser forte em todos os departamentos, e estão agora procurando os melhores recursos técnicos, humanos e pilotos. O Presidente Ghosn está trabalhando para quebrar o contrato de Fernando Alonso com a Honda. Para o espanhol seria a sua terceira vez em Enstone e a verdade é que, apesar das últimas informações, Pastor Maldonado e Jolyon Palmer não podem dormir em paz", disse Minardi.

Alonso tem mais três anos de contrato com a McLaren e o seu entorno nega qualquer versão de negociações entre Renault, Alonso e McLaren.

"Maldonado pode contar com o dinheiro venezuelano que é adequado para a equipe, mas mais complicada é a situação de Palmer. A informação que vem de França confirma essa intenção, embora não seja fácil de resolver", disse Minardi, que ainda falou sobre o possível novo diretor da equipe. "Em termos de gestão, os rumores apontam para Alain Prost como gerente de equipe."

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Fernando Alonso
Tipo de artigo Últimas notícias