Estrelas do pódio estão entre indicados do Destaque TotalRace

Você pode participar da nossa eleição votando por meio de nossa página no Facebook. Confira os indicados

O estranhamente movimentado GP de Abu Dhabi teve grandes performances individuais e boas batalhas. Você pode participar da nossa eleição do Destaque TotalRace, feita entre os jornalistas do site e os leitores com o que de melhor aconteceu na corrida, votando por meio de nossa página no Facebook. Confira as opções:

Cinco carros dividindo uma curva: no final, não deu certo, mas foi bom enquanto durou. Romain Grosjean lutava para segurar o quinto posto quando foi superado por Paul di Resta e Sergio Perez. Quando o escocês e o mexicano se estranharam, no entanto, sobrou para o francês e para Mark Webber, que vinha logo atrás. Pastor Maldonado escapou pela tangente.

Performance de Alonso: em mais uma aula de como aproveitar as oportunidades, o espanhol largou bem e superou Button e Webber logo na primeira volta. Deixou Maldonado para trás logo quando o venezuelano começou a ter problemas com o Kers e no final ainda teve gás para ensaiar uma pressão em Kimi Raikkonen. Com isso, subiu de sexto a segundo.

Recuperação de Bruno Senna: o brasileiro foi acertado por Nico Hulkenberg na largada, caiu para o fim do pelotão e escalou até o quinto lugar até sua única parada. Mesmo tendo perdido cerca de 3s em um pit stop ruim, chegou em oitavo. De acordo com o piloto da Williams, o segredo foi manter um ritmo forte quando teve pista livre.

Recuperação de Vettel: Largando do pitlane, Vettel ficou longe das confusões da primeira volta e se livrou dos carros das nanicas até a volta 13. O problema foi a parte da asa dianteira deixada para trás, situação que só piorou quando o alemão acertou a placa do DRS e foi obrigado a uma parada não programada. Escalou o grid novamente e chegou a segundo quando os demais pararam. Foi obrigado a fazer um segundo pitstop mas, ajudado pelo Safety Car, ainda teve tempo de superar Jenson Button para ser terceiro.

Retorno de Raikkonen: Se o problema de Raikkonen nas últimas provas havia sido de velocidade de reta, o finlandês facilitou sua vida ao colocar a Lotus em quarto no grid, sua melhor posição de largada desde a Bélgica, e fazer grande largada, superando Mark Webber e Pastor Maldonado. Com o abandono de Lewis Hamilton, subiu para primeiro. Com um ritmo consistente, não foi mais ameaçado nem mesmo nas relargadas.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento Abu Dhabi GP
Tipo de artigo Últimas notícias