Ex-chefe da Manor deixa cargo na Toro Rosso

John Booth confirmou saída da da Toro Rosso, tendo trabalhado como diretor de corridas desde 2016

Após sua saída da Manor no final de 2015, John Booth retornou logo à F1 com a Toro Rosso dois anos atrás para ajudar a trabalhar com os pilotos e em algumas operações da equipe.

Mas com a Manor tendo aumentado seus esforços em carros esportivos depois de subir para a categoria LMP1, Booth decidiu se afastar da F1.

Falando exclusivamente ao Motorsport.com, Booth disse: "Deixe colocar desta forma: meu envolvimento com a Toro Rosso chegou a um fim natural. Talvez eu pareça velho demais para a Fórmula 1 agora. Isso é suficiente?"

Booth negou sugestões de que sua saída tinha algo a ver com a chegada da Honda como parceira de equipe e o fato de estar lançando mais recursos no projeto: "Vamos explicar da seguinte maneira: na minha idade, você se cansa de todos esses vôos e hotéis e tudo mais.”

"Por outro lado, eu gosto de viajar em particular... Eu posso até voltar ao Japão algum dia."

Ele acrescentou: "A partir de agora eu vou me concentrar totalmente no nosso programa na classe LMP1. Nós planejamos muito, mesmo que não tenhamos chances contra a Toyota.”

"Não temos cem milhões de euros. E na LMP1 é o mesmo que na Fórmula 1: você pode comprar desempenho.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Equipes Toro Rosso
Tipo de artigo Últimas notícias