Ex-chefe, Monisha defende Pérez: "Processo de aprendizado"

Líder da Sauber lembra que grandes pilotos já cometeram seus erros no começo da carreira e elogia arrojo do mexicano

Muito criticado por alguns colegas pelo excesso de agressividade em Mônaco, o piloto Sergio Pérez, da McLaren, foi defendido por sua chefe dos tempos de Sauber, Monisha Kaltenborn. Ao TotalRace, a indiana disse que o arrojo do mexicano é o que torna as corridas interessantes e lembrou que Pérez ainda é muito jovem e por isso precisa de um tempo de aprendizado.

“Todos sabem o tipo de piloto Pérez é. É preciso aceitar sua agressividade e além disso saber que ele ainda não é tão experiente, então temos que dar o tempo necessário a ele.  Talvez em dois anos ele mude algumas coisas, mas eu não vejo problema em relação à sua agressividade. Na última corrida, duas de suas ultrapassagens foram bem sucedidas e apenas uma deu errado. E são atitudes como essas que fazem as corridas serem excitantes”, comentou Monisha.

A chefe da Sauber lembrou que vários pilotos de sucesso cometeram erros no início da carreira e isso faz parte do aprendizado dos grandes pilotos. “Não fico surpresa com o arrojo do Sergio, pois é assim que ele é. Ele está aprendendo aos poucos em relação ao nível que ele está e onde pode ir e tudo isso faz parte do aprendizado. Se formos analisar os grandes pilotos, todos passaram por isso. Todos cometeram seus erros e aprenderam. O mesmo acontece com ele. Ele é muito jovem e está nesse processo de aprendizado”, definiu. 

Na Sauber, Pérez surpreendeu com três pódios em 2012, o que motivou o interesse da McLaren por seu trabalho.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Sergio Perez
Tipo de artigo Últimas notícias