Ex-engenheiro de Massa, Smedley anuncia saída da Williams

compartilhar
comentários
Ex-engenheiro de Massa, Smedley anuncia saída da Williams
Por: Scott Mitchell
5 de nov de 2018 11:01

Britânico diz que pretende se dedicar mais à família e não sabe o que fará após o fim da temporada de 2018

O chefe de performance da Williams, Rob Smedley, deixará a equipe no final da temporada de 2018. Smedley se juntou à Williams como chefe de engenharia e desempenho ao sair da Ferrari em 2014 em um cargo recém-criado, enquanto a equipe inglesa tentava se recuperar de uma temporada ruim em 2013.

Ele ajudou a guiar a Williams para dois terceiros lugares consecutivos no campeonato de construtores, e depois dois quintos lugares em 2016 e 2017.

Smedley disse que ainda não decidiu o que fará, enquanto a Williams não tem um substituto imediato para sua vaga. Acredita-se que o time ainda esteja avaliando mudanças nos bastidores em resposta à temporada difícil deste ano.

A equipe também perdeu Dirk de Beer (chefe de aerodinâmica) e Ed Wood (designer-chefe) em maio.

"Eu gostei muito do meu tempo na Williams", disse Smedley. "A equipe passou por uma grande mudança desde que entrei em 2014 e foi um prazer ter participado disso”.

"A Williams é uma equipe muito especial dentro da comunidade da Fórmula 1 e tenho certeza de que, com todo o talento que temos aqui, eles continuarão e farão coisas melhores.”

"A equipe sempre permanecerá próxima ao meu coração. Depois de 20 anos na Fórmula 1, no entanto, sinto que é o momento certo para refletir sobre as coisas e avaliar qual é o próximo passo. Estou ansioso para passar mais tempo com minha família antes de decidir sobre futuras oportunidades."

A carreira de Smedley na F1 começou há 17 anos na Jordan, antes de ingressar na Ferrari três anos depois, em 2004.

Ele não se juntou imediatamente a Felipe Massa como engenheiro de pista em 2006, mas após algumas corridas se tornou a parte principal do time do brasileiro. Ele se juntou à Williams no início de 2014, mas teve que esperar até pouco antes da terceira corrida, no Bahrein, para começar a trabalhar com a equipe.

Smedley entrou como parte de uma reformulação do departamento de engenharia da equipe, inicialmente encarregado do pitwall nos fins de semana de corrida. Ele também se tornou engenheiro sênior de pista sob a chefia de Pat Symonds.

Depois ele assumiu um papel mais amplo, olhando além do desempenho de fim de semana de corrida, apos isso.

Claire Williams, vice-diretora da equipe, disse: "foi um prazer ter Rob em nossa equipe nos últimos quatro anos e sentiremos a falta dele pessoalmente e profissionalmente”.

"Ele concordou em se juntar a nós em um momento em que nossa performance era ruim, e estamos gratos que ele viu o potencial para mudar as coisas naquele momento.

"Durante seu tempo com a gente, ele fez uma contribuição significativa para a equipe através de seu papel, mas ele também foi uma ótima pessoa, inspirando muitos com seu entusiasmo e paixão pela Fórmula 1.”

"Rob tem estado no esporte há muito tempo, então nós entendemos e respeitamos totalmente sua decisão de levar algum tempo para gastar com sua esposa e seus filhos. Desejamos a ele tudo de bom e agradecemos de todo coração pelo tempo, paixão e espírito de luta que deu à Williams."

Next article
GALERIA: Os pilotos da F1 ontem e hoje

Previous article

GALERIA: Os pilotos da F1 ontem e hoje

Next article

ExxonMobil assegura bom início de parceria RBR-Honda

ExxonMobil assegura bom início de parceria RBR-Honda
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Equipes Williams
Autor Scott Mitchell
Tipo de matéria Últimas notícias