Ex-McLaren, Kovalainen diz que Magnussen não é garantia de sucesso

Piloto que correu pela equipe em 2008 e 2009 ao lado de Lewis Hamilton explica que não conhece talento do dinamarquês

Com a experiência de ter ido bastante cedo à McLaren - com apenas um ano de F1 - e ficado lá por apenas duas temporadas, o finlandês Heikki Kovalainen disse que não há nenhuma garantia que o jovem Kevin Magnussen terá sucesso na equipe de Woking.

Magnussen de 21 anos estreará na F1 em 2014 pelo time inglês, tentando repetir o mesmo sucesso de Lewis Hamilton, que foi vice-campeão em sua primeira temporada e campeão no segundo ano. “Há duas possibilidades: ou Kevin vai bem, ou ele vai mal", filosofou Kovalainen ao jornal Turun Sanomat. "É difícil dizer qual das duas possibilidades é a mais provável", continuou.

"A McLaren parece realmente acreditar nele, mas eu realmente não o conheço para saber se ele é rápido e bom piloto”, argumentou Kovalainen.

O finlandês acredita que não dá para esperar que se repita o que aconteceu com Lewis Hamilton e o desempenho de Sergio Pérez em 2013 é uma prova disso. “Hamilton foi capaz de lutar pelo pódio desde a primeira corrida, mas, na última temporada passada Sergio Perez não atingiu as expectativas. A McLaren pensou que pudesse polir o diamante, mas aconteceu isso. De qualquer maneira, a McLaren é uma equipe muito forte, com excelentes instalações e vastos recursos, de modo que, pelo menos em teoria, eles podem criar as condições para resolver todos os problemas de um piloto. Não há nenhuma garantia de que Magnussen vai ter sucesso, mas pelo menos ele terá uma grande chance”, concluiu o piloto que disputou as últimas duas corridas da temporada pela Lotus.
 

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Heikki Kovalainen
Tipo de artigo Últimas notícias