Ex-piloto compara domínio de Vettel na F-1 ao futebol do Bayern de Munique

Christian Danner vê torcedores felizes em apreciar performances acima da média nos campos e nas pistas

Christian Danner, centro, conversando com Niki Lauda e Sebastian Vettel

Se o domínio de Sebastian Vettel na fase final do Mundial de 2013 entediou alguns torcedores, poucos se preocuparam com isso na Alemanha. Para Christian Danner, ex-piloto de F-1 e comentarista da RTL - a emissora que transmite a categoria no país -, o desempenho de Sebastian Vettel nas últimas provas do ano é similar ao apresentado atualmente pelo Bayern de Munique, que disputa nesta semana o Mundial de Clubes de Futebol no Marrocos.?
“É um domínio que dá para comparar com um certo time de futebol. Se o Bayern de Munique é hoje o melhor time do mundo, um que a princípio vence cada jogo que disputa, ainda sim aparecem 80 mil torcedores no estádio para ver esta melhor equipe em ação e se divertem com isso”, afirmou Danner falando ao TotalRace.

Para ele, os torcedores deveriam apreciar mais a oportunidade de ver um atleta extraindo uma performance do mais alto nível. “É preciso entender que um piloto como Vettel é excelente e poder vê-lo em ação nunca é sem-graça, pelo contrário, é bonito e divertido. Na Fórmula 1 é a mesma coisa. Vettel no momento é o melhor piloto do mundo e vê-lo como ele resolve seu trabalho de maneira brilhante é muito legal. Para mim, nunca vai ficar chato”, assinalou.

Em sua coluna no site “Motorsport Magazin”, Danner criticou a decisão da FIA em dobrar os pontos da última etapa do ano que vem, em Abu Dhabi. “Para mim aquela é apenas mais uma corrida em 19 e dobrar os pontos dela é uma medida desnecessária que artificializa um campeonato que era interessante. Como se a Fórmula 1 não tivesse outros problemas para resolver...”, atacou.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Sebastian Vettel
Tipo de artigo Últimas notícias